Mercadoria não entregue pelos Correios durante greve deve ser ressarcida

126
Greve de funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) na manhã desta quinta-feira (12), na Agencia de Correios Leopoldina, zona oeste de São Paulo (SP), próximo ao Parque Villa-Lobos. Os serviços de entrega não estão funcionando, como Sedex Hoje, Sedex 10 e Disque-Coleta.

A Fundação Procon de São Paulo divulgou uma série de orientações para os consumidores que forem afetados pela greve dos Correios, iniciada nesta segunda-feira, 12, em todo o País.

A entidade de defesa do consumidor destaca que as pessoas que contrataram os serviços dos Correios, como a entrega de encomendas e documentos, e estes não forem prestados, têm direito a ressarcimento ou abatimento do valor pago. Nos casos de danos morais ou materiais pela falta da prestação do serviço, cabe também a indenização por meio da Justiça.

Para o Procon, no caso de o consumidor ter adquirido produtos de empresas que fazem a entrega pelos Correios, essas são responsáveis por encontrar outra forma para que os produtos sejam entregues ao consumidor no prazo contratado.