NORDESTE CHEGA A TER MAIS DA METADE DE TODA DEMANDA DE ENERGIA ATENDIDA POR EÓLICAS

115

Ventos fortes e novas usinas eólicas operando no país se tornaram a combinação perfeita para o setor atingir o protagonismo no mercado das energias renováveis. Para se ter ideia, a produção de energia por meio da força dos ventos chegou a atender mais da metade de toda energia demandada pela região Nordeste.

No mês de junho, a região teve 14 dias com mais de 50% da energia total produzida vindo de usinas eólicas, segundo dados do Operador Nacional do Sistema (ONS). A entrada de fenômenos meteorológicos intensificou a ventania em alguns pontos e provocou rajadas de ventos, que, em picos instantâneos, fez com que os fatores de capacidade dos parques eólicos atingissem valores superiores a 70%.

Os números positivos reforçam a produtividade do setor eólico no país. O Rio Grande do Norte, Bahia e Ceará são os estados com maior número de empreendimentos em construção ou com capacidade já contratada, sendo que o RN é líder nacional em produção de energia pela força dos ventos com 3.3GW de capacidade instalada em 127 parques ​em operação, de acordo com dados do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE). Isso representa quase o dobro dos números registrados pela Bahia, segunda colocada no ranking, com 1,7GW de capacidade instalada em 71 usinas eólicas.

Com este cenário promissor, o crescimento da implantação e do uso da energia eólica no Brasil será o tema do terceiro encontro do Ciclo de Debates do Conselho Técnico-Científico do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CTC-CERNE) que será realizado dia 28 de julho, às 14 horas, no mini auditório do Instituto Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do Norte (IFRN) – Campus Central Natal.

O Ciclo de Debates tem como proposta debater os principais problemas do setor de recursos naturais e energia. “Nossa proposta é analisar e encontrar soluções que possam ser encaminhadas aos órgãos reguladores e executivos do setor, além de identificar potenciais parcerias entre as instituições participantes do evento”, afirmou o coordenador do CTC e Diretor de Tecnologia, Pesquisa e Inovação do CERNE, Olavo Oliveira.

Representantes confirmados de empresas como a Pacific Hydro Brasil, e instituições como UFRN, IFRN e Universidade Federal do Piauí (UFPI) debaterão sobre o cenário dos empreendimentos eólicos no ponto de vista da operação e manutenção, capacitação e formação profissional na área de energia eólica, e as possibilidades de implantação de novas tecnologias em parques híbridos.

O Ciclo é uma realização do CERNE e conta com apoio do IFRN, FIERN e SEBRAE. A programação completa está disponível no site do CERNE pelo endereço www.cerne.org.br clicando na imagem do Ciclo situado a direita da página inicial. Mais informações pelo telefone (84) 2010-0340. A entrada é gratuita.

SERVIÇO

3º Ciclo de Debates do Conselho Técnico-Científico do CERNE: O crescimento da implantação e do uso da energia eólica no Brasil

Data: 28/07/2017 (sexta-feira)

Horario: 14 horas

Local: Mini auditório do IFRN – Campus Natal Central

Informações para a imprensa: Daniel Turíbio | (84) 2010-0340 | (84) 9.9185-5594 (celular e whatsapp) | daniel.turibio@cerne.org.br

Com informações da Assessoria/MOSSORÓ HOJE