VÍDEO: “Mais de 50% do valor pago seria para propina”, diz Kelps Lima sobre compra de respiradores pelo Consórcio Nordeste

Em entrevista ao programa Pingo nos Is, da rádio Jovem Pan nacional, na noite desta sexta-feira (15), o deputado estadual e presidente da CPI da Covid na ALRN Kelps Lima revelou que mais da metade dos R$ 48 milhões que o Consórcio do Nordeste pagou por respiradores seria para propina.

“A documentação é estarrecedora. Havia um conluio, uma negociação de mais de 50% do valor pago dos R$ 48 milhões seria só para desvio, com propina. A operação deu errado porque ela foi toda desastrosa e nenhum respirador foi entregue. Os estados perderam 100% do dinheiro investido”, revelou Kelps em entrevista à Jovem Pan.

“Este tema não ser investigado no Congresso é estranho. A investigação é muito objetiva. O acesso aos documentos demonstra que o dinheiro foi literalmente roubado. E mais, os nove governadores do Nordeste têm acesso à documentação sigilosa que a CPI teve acesso”, completou Kelps.

Novo preço médio para cálculo do ICMS começa a valer neste sábado no RN, e combustível pode subir mais uma vez

O preço médio dos combustíveis que o Governo do Estado leva em consideração para cobrar o ICMS será reajustado neste sábado (16) no Rio Grande do Norte. Após realizar uma pesquisa de preços nos postos, o governo estadual vai levar em conta novos valores para aplicar a taxa do imposto.

A tabela com os novos preços passou por deliberação do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) e foi publicada no Diário Oficial da União. A atualização é feita a cada 15 dias – os valores atuais estão em vigor desde o dia 1º de outubro.

Com os recentes aumentos encontrados nas bombas, em decorrência de reajustes anunciados pela Petrobras, o ICMS passará a abocanhar uma fatia ainda maior do valor final dos produtos, o que pode levar a uma nova alta dos combustíveis nos próximos dias, como um efeito cascata. No início da semana, o combustível subiu nas bombas por efeito do reajuste anunciado pela Petrobras.

No Rio Grande do Norte, o preço médio da gasolina comum subiu de R$ 6,56 para R$ 6,62 – uma alta de 6 centavos, ou 1%. Como a alíquota de ICMS é 29%, a fatia arrecadada pelo Estado vai subir de R$ 1,90 para R$ 1,92, aproximadamente.

Mesmo com o reajuste no preço médio estadual, a cobrança ainda está defasada em relação ao preço médio praticado em Natal, por exemplo. Na capital potiguar, o combustível já é encontrado a R$ 6,99 na maioria dos postos – chegando a R$ 7,09 no caso da gasolina comum.

Já o preço médio do óleo diesel vai sair de R$ 4,82 para R$ 4,97. O gás de cozinha, por sua vez, saiu de R$ 102,57 para R$ 105,04.

Com informações de 98 FM Natal

Homem é preso duas vezes em intervalo de 5 horas no interior do RN

Um homem foi preso pela Polícia Militar após promover quebra-quebra de mesas e cadeiras em barracas que ficam às margens do Rio Açu, no município de Assú, no interior do Rio Grande do Norte.

A prisão aconteceu por volta das 19h30 de quinta-feira, 14, poucas horas depois do homem ter deixado a cela. Ele já havia sido preso em torno das 14h do mesmo dia. A primeira condução à delegacia aconteceu porque o homem estava realizando direção perigosa nas ruas do município.

Policiais deram voz de prisão ao acusado, que foi conduzido à Delegacia de Plantão em Mossoró. A expectativa é que o homem deva ficar preso e à disposição da Justiça. Alguns proprietários de barracas que tiveram suas mesas e cadeiras quebradas realizaram procedimentos na DP em Mossoró.

Agora RN

COVID: Brasil tem médias móveis de mortes e casos mais baixas desde o 1º semestre de 2020; País registrou 570 óbitos e 15 mil novos casos nas últimas 24h

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta sexta-feira (15):

– O país registrou 570 óbitos nas últimas 24h, totalizando 602.669 mortes;

– Foram 15.239 novos casos de coronavírus registrados, no total 21.627.476.

O Ministério da Saúde calcula que 20.773.826 pessoas já se recuperaram da covid-19. Outras 250.981 seguem em acompanhamento.

A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 321, e a média móvel de novos casos é de 10.964.

Os índices ficaram abaixo dos registros desta sexta-feira pela última vez no dia 27 de abril de 2020, para a média móvel de mortes, que ficou em 281, e no dia 15 de maio de 2020, para a média móvel de contaminações, que ficou em 10.414 na ocasião.

Agência dos EUA aprova dose de reforço da vacina da Janssen

O Comitê Científico da FDA (Food and Drug Administration — agência reguladora dos Estados Unidos) autorizou, nesta sexta-feira (15), a aplicação da dose de reforço em todos os americanos acima dos 18 anos que receberam a vacina contra a Covid-19 da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson. O imunizante deve ser dado a partir de dois meses da primeira dose.

A vacina é ministrada em dose única. Porém, no fim do mês passado, a farmacêutica apresentou resultados de um estudo mostrando que uma segunda aplicação, feita cerca de dois meses após a primeira, aumentou a proteção de 70% para 94%.

Essa é a primeira autorização nos Estados Unidos de dose extra de proteção contra a Covid-19 aprovada para maiores de 18 anos. Até então, o reforço com a Pfizer e a Moderna só havia sido liberado para idosos e pessoas com problemas no sistema imune.

A Pfizer chegou a pedir à FDA a ampliação para todas as pessoas com mais de 16 anos, mas a agência reguladora decidiu limitar o alcance da autorização alegando que as evidências mostraram que o reforço é benéfico para os mais velhos e para as pessoas expostas a maior risco.

Mais de 15 milhões de americanos receberam esse imunizante, de acordo com os dados mais recentes do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças) dos EUA.

Segundo dados do Ministério da Saúde, mais de 4,78 milhões de brasileiros foram vacinados com a Janssen. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) não recebeu nenhum pedido do laboratório para analisar a aplicação de uma dose de reforço do imunizante.

R7

Professor faz protesto por melhores condições de trabalho em evento com a presença de Fátima Bezerra

Um professor realizou um protesto em defesa de avanços para a categoria durante uma cerimônia em alusão ao Dia do Professor, realizada nesta sexta-feira (15). O evento, que contou com a presença da governadora Fátima Bezerra (PT), aconteceu na Escola Estadual Padre Miguelinho, no Alecrim, em Natal. As informações são da Tribuna do Norte.

Cláudio Almeida, que é professor de Artes e ator, falou sobre a importância dos professores para os estudantes no momento da pandemia e cobrou, além de melhores condições de trabalho, a valorização financeira aos educadores públicos, de acordo com o vídeo publicado pela Tribuna do Norte. A intervenção foi realizada durante a abertura do evento.

Além da governadora Fátima, estavam presentes na cerimônia o vice-governador Antenor Roberto, e o secretário de Educação do Estado, Getúlio Marques. Todos eles ouviram a manifestação do professor. A fala, que durou quase 3 minutos, chegou a ser aplaudida pelas pessoas que estavam no evento.

A cerimônia foi convocada pelo governo Fátima com o objetivo de divulgar ações de valorização da carreira de docentes da rede pública de ensino estadual, incluindo a promoção de professores por titulação.

Agora RN

Montanhas de ossos de até 7 mil anos são descobertas em caverna na Arábia Saudita

Uma enorme pilha de ossos de animais, provavelmente acumulados por hienas nos últimos 7 mil anos, foi descoberta por arqueólogos no noroeste da Arábia Saudita.

São centenas de milhares deles, que pertencem a pelo menos 14 tipos de animais, incluindo gado, caprídeos, cavalos, camelos, roedores, e até humanos.

Os ossos foram encontrados em Umm Jirsan, uma extensa rede de túneis formados por atividades vulcânicas.

As descobertas dos pesquisadores foram publicadas recentemente na revista científica Archaeological and Anthropological Sciences.

Segundo o autor principal do estudo, Mathew Stewart, zooarqueológo do Instituto Max Plank para a Ciência da História Humana, na Alemanha, o envolvimento das hienas foi constatado a partir da análise de cortes, mordidas e marcas de digestão dos ossos.

“A hiena-riscada (Hyaena hyaena, também conhecida como hiena-raiada ou hiena-listrada) é um acumulador de ossos muito ávido”, disse Stewart ao site Gizmodo.

Os pesquisadores vinham investigando a área, no campo de lava Harrat Khaybar, na Arábia Saudita, desde 2007, mas só se aventuraram nas profundezas da caverna há alguns meses.

Para o estudo, a equipe analisou 1.917 ossos e dentes recuperados do local. E chegou à conclusão de que tinham entre 439 e 6.839 anos, uma clara indicação de que esses animais vêm usando a rede de túneis subterrâneos há muito tempo. Para isso, usou um pequeno número dessas amostras a partir de um processo conhecido como datação por carbono.

Para ler a matéria na íntegra acesse AQUI.

Presidente diz que determinará redução da bandeira tarifária na luz

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na noite desta quinta-feira (14) que determinará ao Ministério de Minas e Energia (MME) que altere a bandeira tarifária de energia elétrica para rebaixá-la a um valor menor a partir do mês que vem. A declaração foi feita durante discurso na Conferência Global Millenium, um evento que reúne igrejas evangélicas.

“Estávamos na iminência de um colapso. Não podíamos transmitir pânico à sociedade. Dói a gente autorizar o ministro Bento [Albuquerque], das Minas e Energia, a decretar a bandeira vermelha. Dói no coração, sabemos da dificuldade da energia elétrica. Vou determinar que ele volte à bandeira normal a partir do mês que vem”, disse o presidente, sem entrar em detalhes sobre qual seria a redução pretendida.

O país enfrenta a maior crise hídrica em 91 anos, o que tem afetado os reservatórios das usinas hidrelétricas. Neste cenário, o custo de energia aumenta porque é preciso acionar as usinas termoelétricas, que são mais caras. Em agosto, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou a criação de uma nova bandeira tarifária na conta de luz, chamada de bandeira de escassez hídrica. A taxa extra passou a ser de R$ 14,20 para cada 100 kilowatt-hora (KWh) consumidos e entrou em vigor a partir do dia 1º setembro, permanecendo vigente até abril do ano que vem.

Criada em 2015 pela Aneel, as bandeiras tarifárias refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica e é dividida em níveis. Elas indicam quanto está custando para o Sistema Interligado Nacional (SIN) gerar a energia usada nas casas, em estabelecimentos comerciais e nas indústrias. Quando a conta de luz é calculada pela bandeira verde, significa que a conta não sofre nenhum acréscimo.

A bandeira amarela significa que as condições de geração de energia não estão favoráveis e a conta sofre acréscimo de R$ 1,874 por 100 kWh consumido. A bandeira vermelha mostra que está mais caro gerar energia naquele período. A bandeira vermelha é dividida em dois patamares. No primeiro patamar, o valor adicional cobrado passa a ser proporcional ao consumo na razão de R$ 3,971 por 100 kWh; o patamar 2 aplica a razão de R$ 9,492 por 100 kWh. Acima da bandeira vermelha, está a bandeira escassez hídrica, atualmente em vigor.

Mais cedo, o ministro Bento Albuquerque reiterou que o país não corre risco de racionamento de energia devido à grave crise hídrica. Segundo ele, desde o ano passado o governo tem monitorado a situação e tomado as medidas necessárias para garantir o abastecimento de energia. A declaração foi feita durante a abertura da 40ª edição do Encontro Nacional de Comércio Exterior (ENAEX) 2021, promovido pela Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB).

Agência Brasil

Governo federal reconhece emergência por desastres naturais em cidade do RN

Uma portaria assinada pelo secretário nacional de proteção e defesa civil, Alexandre Lucas Alves, reconhece estado de emergência em 6 cidades atingidas por desastres naturais no Rio Grande do Norte, Bahia, Piauí, Rio Grande do Sul e Sergipe.

O documento foi publicado nesta sexta-feira (15). As cidades de Ouro Branco (RN), Boa Nova (BA) e Capela do Alto Alegre (BA) estão em estado de emergência devido à estiagem. Coronel José Dias (PI) e Porto da Folha (SE), por conta da seca. Já Bom Jesus (RS), por chuva de granizo.

Com o reconhecimento federal, os municípios podem ter acesso a recursos para assistência à população, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de infraestruturas danificadas.

Agora RN

Relatório da CPI da Pandemia já supera mais de 1.200 páginas

A minuta do relatório da CPI da Pandemia foi entregue ao relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL), nesta quinta-feira (14). O texto organizado por técnicos tem mais de 1.200 páginas e foi dividido em dois volumes encadernados pelo Senado, em capa azul. A CNN registrou em fotos a capa desses textos, no momento em que foram concluídos.

Diante do tamanho do relatório, Calheiros não pretende ler tudo, deve focar em três capítulos finais, que incluem as conclusões das investigações e a lista de crimes que serão imputados aos acusados.

Calheiros tem sido procurado por senadores, juristas e entidades com sugestões. Nesta sexta-feira, a cúpula da CPI vai se reunir em torno do texto. Cópias da versão final do relatório vão ser entregues em papel e, também, digitalmente aos parlamentares da comissão e aos não-membros mais ativos, até terça-feira (19), quando o texto será apresentado por Calheiros à comissão.

Entre as sugestões finais, faltam algumas contribuições, como as da bancada feminina.

CNN Brasil

Fátima Bezerra promete gastar quase meio bilhão em obras durante ano eleitoral

A governadora Fátima Bezerra anunciou esta semana o plano de obras nas áreas de infraestrutura viária, educação, saúde, segurança pública e habitação popular, que prevê investimentos de R$ 494,4 milhões até o final de 2022, ano que a própria governadora vai tentar reeleição ao cargo.

A legislação eleitoral não proíbe a execução de obras por parte de gestares que são candidatos à reeleição. Proíbe apenas a participação deles em eventos como inaugurações para combater o uso da máquina pública como peça de campanha, assim, combatendo o abuso de pode político e econômico dos candidatos.

Entre as principais obras que integram o plano estão a construção de 12 unidades do Instituto Estadual de Educação Profissional, Tecnologia e Inovação (IERN), reforma de 60 escolas da rede estadual; construção do Costeira Parque, um equipamento de lazer, cultura e esporte que vai ser construído na Via Costeira, no terreno do antigo Vale das Cascatas; reconstrução do trecho de 41 quilômetros, com alargamento da RN-233 entre a BR-304 (na altura de Assu) e o município de Triunfo Potiguar, e uma intervenção na interseção da avenida Omar O’Grady com a Prudente de Morais e Integração, considerado um dos principais pontos críticos no trânsito na região metropolitana.

Mais de 300 armas foram oficialmente roubadas no RN nos últimos 5 anos

As empresas de segurança privada no Rio Grande do Norte perderam 310 armas nos últimos cinco anos, segundo dados da agência Fiquem Sabendo obtidos através da Lei de Acesso à Informação (LAI) junto à Polícia Federal. Roubadas, perdidas ou extraviadas, essas armas acabam em “mãos erradas” e facilitam o trabalho dos bandidos em ações criminosas, roubos, tentativas de assaltos e até mesmo homicídios. O número de armas perdidas corresponde a 9% de todas as armas registradas na PF pelas empresas do RN.

De acordo com os dados da Agência Fiquem Sabendo, o ano em que mais armas foram extraviadas foi em 2017, com 117 armas em todo o ano. O número caiu para 103 em 2018 e vem apresentando redução desde então: 46 em 2019, 30 em 2020 e 14 em 2021 (até 24 de agosto).

Para a atual coordenadora do Sindicato Intermunicipal dos Vigilantes do RN, Dalcilene Cabral, os roubos das armas têm acontecido em situações específicas, principalmente em locais em que os vigilantes não possuem estrutura de trabalho, o que facilita a ação dos bandidos. Ela explica ainda que nem todos os estabelecimentos permitem o uso da arma, como shoppings, hospitais, UPAs, entre outros. Ela estima que apenas 30% das armas roubadas são recuperadas.

Leia a notícia completa aqui na Tribuna do Norte.

Bolsonaro pede mais depoimentos e tenta adiar julgamento no TSE

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no final da noite desta quinta-feira um pedido para que haja novos depoimentos nas ações que pedem que a chapa encabeçada por ele e pelo vice Hamilton Mourão sejam cassadas pela corte.

Na prática, se os pedidos de depoimentos forem aceitos, o julgamento poderá ser adiado e até mesmo o relator atual, Luis Felipe Salomão, ser trocado. Isso porque ele deixa a corregedoria do TSE no final do mês e será substituído por Mauro Campbell.

Foi Salomão, junto com o ministro do STF Alexandre de Moraes, que articulou o compartilhamento de provas do inquérito das fake news após a live de Bolsonaro atacando as urnas eletrônicas. Nas alegações finais apresentadas na noite desta quinta, o presidente pede que sejam ouvidos o empresário Otavio Fakhoury e a jornalista Patricia Campos Mello, autora das reportagens que embasaram a ação promovida no TSE pelo PT.

CNN Brasil

Jorge & Mateus, Raí Saia Rodada e Limão com Mel na retomada de grandes eventos no RN

A Arena das Dunas recebe, neste sábado (16), o show que representa a retomada dos grandes eventos no Rio Grande do Norte, em especial para um setor que foi um dos mais atingidos pela pandemia. Jorge & Mateus, Raí Saia Rodada e Limão com Mel formam a grade do Arena das Dunas 360 em um projeto diferenciado.

A expectativa é para um show com muitos sucessos da dupla como “Pode Chorar”, “Voa Beija Flor”, “Amo Noite e Dia”, “A Hora é Agora”, “Sosseguei”, “Propaganda”, entre outras. “Estamos contando os dias [para o show]! Essa volta aos palcos do Nordeste, iniciando esse recomeço também em Natal em um projeto incrível como esse, só gera ansiedade”, disse Jorge & Mateus.

Além da dupla, mais duas atrações completam a noite do Arena das Dunas 360. Com quase cinco milhões de ouvintes mensais, Raí Saia Rodada não para de subir no ranking das mais tocadas do Spotify. Diretamente de Caraúbas, no Oeste potiguar, Raí foi o pioneiro na formação da banda Saia Rodada. Isso por volta do ano 2000. De lá pra cá, 10 CDS e 7 DVDs. Este ano, Raí lançou em janeiro o álbum “Som no Talo” com sete faixas, sendo seis inéditas, que conta ainda com duas participações especiais: Márcia Felipe e Gabi Martins.

A grade do show tem também uma das principais bandas de forró do Brasil: Limão com Mel. E com uma novidade: o show em Natal é o primeiro no Rio Grande do Norte após o retorno de Edson Lima à banda após 20 anos.

Agora ele está de volta aos vocais junto com Adma Andrade, que completou quatro anos na banda. No ano passado, em meio a pandemia e durante as lives, ela quase chegou a final do programa The Voice Brasil 2020.

Vale destacar que este é o primeiro show da Limão com Mel pós pandemia. Será o retorno oficial da banda aos palcos, após um ano e sete meses parados.

Além disso, no dia 18 de novembro, no Classic Hall, em Olinda (PE), será gravado o 10º DVD da banda intitulado Pra Sempre Limão e vai marcar o retorno de Edson Lima com vários convidados especiais, entre eles: Gusttavo Lima, Wesley Safadão, Xand Avião, Bruno e Marrone, Tarcísio do Acordeon, Calcinha Preta e outros.

Com organização da Clap Entretenimento, o Arena das Dunas 360 vai seguir todos os protocolos estabelecidos pelos decretos – estadual e municipal – em uma grande área aberta e ventilada proporcionando espaço para o distanciamento do público – com um palco central, além de mesas divididas por setores – e equipes de produção devidamente orientadas e testadas contra a Covid-19 .

Importante frisar que é necessário apresentar o certificado de vacinação ao chegar na entrada da Arena das Dunas para ter acesso ao evento. Os portões abrem a partir das 19h. As mesas estão nas últimas unidades e a venda ainda acontece pelo site www.lessclick.com.br. Mais informações no instagram da Clap Entretenimento (@maisclap_)

Serviço:

Arena das Dunas 360

Jorge & Mateus, Raí Saia Rodada e Limão com Mel

Portões abrem a partir das 19h

Mais informações: @maisclap_

Diversão com prevenção

Serão instalados totens de álcool gel 70%, banners informando sobre as precauções e regras do evento e stands de distribuição de máscaras.

Dentro da estrutura, quatro entradas equipadas com totens de orientação, de álcool em gel 70% e com distribuição de máscaras por profissionais treinados para orientar os clientes.

Uma área de encaminhamento para clientes com sintomas do covid-19 também será montada.

Na entrada da Arena, banners com orientações sobre as precauções e regras do evento com instalação de totens de álcool gel 70% e medição de temperatura corporal em todas as entradas do evento em cada uma das entradas.

Também vai haver marcação e orientação de distanciamento por todo o evento. A organização vai instalar stands de distribuição de máscaras em cada entrada da Arena.

Serão instaladas ilhas de banheiros espalhadas pela Arena que ajudam no fluxo de pessoas e evitam aglomerações. E a limpeza será intensificada nesses locais.

Expectativa do setor é retomar 50% até final do ano

Em entrevista ao Estado de São Paulo, o presidente da Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), Doreni Caramori Júnior, disse que o plano é voltar a operar com 50% da oferta regular do mercado nos próximos três meses.

A Abrape está lançando uma plataforma chamada Radar de Eventos do Brasil (www.radardeeventosbrasil.com.br), que cruza dados atualizados e projetados do panorama geral de vacinação e do número de vítimas da covid-19 até dezembro de 2021 para avaliar o retorno seguro dos eventos.

Ainda segundo a matéria, em 2022, ele espera que 100% da programação de eventos tenha voltado – o que representa, em média, 440 mil eventos no ano.

Deputado Coronel Azevedo manifesta apoio à autonomia dos médicos acerca da pandemia da COVID-19

Na Sessão Ordinária desta quinta-feira (14), o deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) manifestou apoio à autonomia dos médicos e criticou a polarização diante de um assunto tão importante, que é o tratamento contra covid-19 e a vacinação.

“Quero reafirmar o meu apoio incondicional aos médicos do Rio Grande do Norte e do Brasil. Estamos assistindo a ataques sem fundamentação, fruto de uma polarização acerca da pandemia. A Defensoria Pública da União (DPU) ingressou com ação contra o Conselho Federal de Medicina (CFM) solicitando indenização de R$ 60 milhões, um verdadeiro absurdo. O CFM é uma autarquia federal em defesa da sociedade brasileira. O sigilo, a autonomia e o respeito a relação médico e paciente são princípios milenares”, afirmou.

Sobre a vacinação o parlamentar afirmou: “Eu já me vacinei, mas defendo a liberdade dos pacientes, ouvindo seu médico, tomar a decisão. Há muitos relatos de crianças e adolescentes sofrendo efeitos adversos, após a vacinação”.

Coronel Azevedo também lembrou que o estado perdeu R$ 5 milhões, desviados em uma compra frustrada de respiradores durante o auge da pandemia, que pode ter resultado em diversas mortes pela falta dos equipamentos.

Assista ao vídeo e veja o pronunciamento completo:

Mega-Sena sorteia nesta quarta prêmio acumulado em R$ 6,5 milhões

A Mega-Sena sorteia, nesta quarta-feira (13), um prêmio acumulado em R$ 6,5 milhões.

As seis dezenas do concurso 2.418 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) nas casas lotéricas credenciadas pela Caixa, em todo o país ou pela internet.

A aposta mínima, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

Agência Brasil

Natal tem preço médio do gás de cozinha mais alto do Nordeste

Dentre as capitais do Nordeste, Natal é a que tem média de preços do gás liquefeito de petróleo (GLP) mais alta. O apontamento foi feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), em pesquisa referente à última semana, de 3 a 9 de outubro.

De acordo o levantamento, o preço médio do botijão de gás encontrado na capital potiguar foi de R$ 104,09. Já o menor valor foi de R$ 90 e o máximo de R$ 115.

Na sequência, aparece Fortaleza, com preço médio de R$ 101,91 e Teresina, com preço médio do gás de cozinha a R4 101,89. Em todas as demais capitais do Nordeste, o valor ficou abaixo de R$ 100 no período verificado.

O preço médio mais elevado foi observado em Cuiabá, com média de R$ 115,57.

A pesquisa entrevistou 707 estabelecimentos pelo país. Em Natal, 22 locais de venda integraram a pesquisa.

Segundo a ANP, nas últimas quatro semanas, o preço do gás de cozinha na capital potiguar subiu 2,32%, e 2,53% em todo o estado. Nos últimos seis meses, o valor do produto teve aumento de 16,99% no RN e de 18,41% em Natal.

O levantamento foi feito antes do novo aumento anunciado pela Petrobras, que passou a valer no último sábado, 9. Com o reajuste, deve sofre incremento de aproximadamente R$ 7 por botijão de 13 quilos em Natal, segundo informações fornecidas do sindicato de revendedores ao portal G1.

Fonte: ANP / Síntese dos Preços Praticados

Agência Saiba Mais

Após seis dias, Rio Grande do Norte volta a registrar mortes por Covid

Depois de seis dias consecutivos sem contabilizar nenhum óbito por Covid, o Rio Grande do Norte voltou a registrar mortes pela doença nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) nesta terça-feira (12).

A última morte registrada no estado havia sido no dia 5 de outubro.

Ao todo, foram três mortes confirmadas e registradas nas últimas 24 horas: uma em Natal, uma em Caicó e outra em São Tomé. O Blog noticiou os dados sobre os óbitos na postagem RN registra 03 óbitos por covid nas últimas 24 horas; Novos casos são 03.

Ex-ministro Carlos Gabas revela porque ficou em silêncio na CPI da Covid no RN

O ex-ministro da Previdência, Carlos Gabas, atual secretário executivo do Consórcio Nordeste, revelou porque preferiu se manter em silêncio durante seu depoimento na CPI da Covid da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Em entrevista concedida ao programa Foro Moscow no youtube, Gabas disse que não aceitou ter sido “convocado como investigado”.

“Quando falaram da minha convocação, tinha entendido que seria como convidado, como testemunha. Quando vi que seria como investigado, vi que não era possível. Teve um processo, nós compramos e não foi entregue. Levei a denúncia para a Polícia e sou investigado?”, questionou o ex-ministro.

Ainda de acordo com Gabas, “há tentativa de politizar a questão, alguém está tentando se dar bem em cima dessa questão, levantar lebre, procurar chifre em cabeça de cavalo. Nós compramos, não entregamos, está sendo investigado pela polícia. Mas montaram um teatro, chamaram senador de fora. Nós somos os mais interessados em apurar e que o inheiro seja devolvido”.

Conforme o secretário executivo do Consórcio Nordeste, a expectativa ainda é de recuperar os R$ 48 milhões que foram gastos pelos Estados da região com respiradores que jamais chegaram aos hospitais. “Não quero aparecer, mídia, nem holofote. O Consórcio tem interesse que o dinheiro seja devolvido ao povo do Nordeste. Como me chamaram como investigado, tenho direito ao silêncio. Topo falar se tivessem me chamado como convidado, testemunha. Como investigado jamais. Não vamos politizar o assunto. É algo sério”, completou.

Grande Ponto

Congresso prevê R$ 3,4 bilhões de emendas ‘cheque em branco’

O Congresso decidiu ignorar alertas de órgãos de controle e deve assinar um “cheque em branco” de R$ 3,4 bilhões em emendas parlamentares para Estados e municípios em 2022, ano de eleições sem fiscalização federal. O valor é o que está previsto para ser destinado por meio das chamadas transferências especiais e representa um aumento de 70% do total entregue neste ano, quando atingiram quase R$ 2 bilhões.

O mecanismo, criado em 2019, é mais uma forma nebulosa de parlamentares enviarem recursos públicos para suas bases eleitorais sem critérios mínimos de transparência. Por essa modalidade, as emendas são aprovadas no Orçamento da União sem detalhamento de como o recurso será aplicado. Assim, prefeitos e governadores podem gastar livremente onde bem entenderem, sem fiscalização do Tribunal de Contas da União (TCU), diferentemente do que acontece com outras modalidades de emendas.

Como mostrou o Estadão/Broadcast em julho, em alguns casos, as verbas foram enviadas para prefeituras comandadas por familiares dos congressistas. Deputados e senadores defendem o formato e alegam agilidade nas transferências, que além de “emenda cheque em branco” têm sido chamadas de “PIX orçamentário”. Especialistas e órgãos de controle, no entanto, veem margem para desvios de dinheiro público.

Estadão Conteúdo