Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN repudia o silêncio e a inércia do governo ante as mortes violentas de policiais

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACS-PM/RN vem a público repudiar a forma como as autoridades do nosso Estado têm lidado com a série de ocorrências que têm vitimado agentes de segurança pública.

No período de seis dias, foram cinco policiais baleados, sendo que três deles, um APC e dois PMs, foram a óbito em consequência da ocorrência, e até o presente momento nada foi feito de forma concreta por parte dos gestores do Estado.

Quantos policiais militares mais terão que morrer para que o Estado adote uma postura mais objetiva direcionada a buscar evitar esse tipo de situação, bem como, dar uma resposta à altura nos casos já ocorridos, com a identificação e prisão dos envolvidos?

O silêncio e a inércia do Governo têm incomodado a categoria, pois mais parece que as mortes dos policiais militares são tratadas apenas como números em estatísticas, desconsiderando que por trás de cada vida policial ceifada existe uma família que foi destruída.

Em decorrência desta situação, a ACS-PM/RN iniciará neste mês de Abril uma campanha de valorização da vida dos Policiais Militares.