COM 58% DOS VOTOS, EMILLY É A VENCEDORA DO “BBB17”

A estudante Emilly recebeu 58% dos votos na final do “BBB17”, realizada nesta quinta-feira (13), e se tornou a vencedora da décima sétima edição do programa. A gaúcha superou a advogada Vivian e a aposentada Ieda na disputa decisiva do reality show e levou o prêmio de R$1,5 milhão para a casa.

A manauara recebeu 41% dos votos e se manteve na disputa até o anúncio final de Tiago Leifert. Já Ieda ficou muito atrás na votação, com apenas 1%, e terminou na terceira colocação. O trio deixou a casa de mãos dadas e foi recebido no palco por familiares e ex-participantes.

Questionado por Leifert quais eram suas últimas palavras antes do anúncio da vencedora, Emilly declarou: “Eu lembrei de uma coisa que minha irmã mais velha me disse: Deus não coloca sonho impossivel dentro da gente. Meu maior sonho é dar uma escola pro meu sobrinho e estabilidade para minha família e eu to aqui. Eu tenho muita gratidão pelo Brasil e por vocês por tudo que vocês vêm fazendo por mim”

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Antes de anunciar a vitória, Leifert disse em seu discurso direcionado à gaúcha: “Vou fazer ruma referência nerd: ‘X-Men’. Um ‘X-Men’ novinho tem aquele poder todo mas não sabe usar. Ele precisa de treinamento porque ele é tão forte que ou ele aprende ou ele destrói tudo e as pessoas quando ele gosta”.

O apresentador continuou: “Tem alguma coisa em você que é especial. É muito dificíl falar sobre você. Mas é algo muito poderoso e que incomoda muita gente. Quando você falou que se amava, muita gente assustou. Você tem uma força, uma raça, você é corajosa, ousada. você mostrou tudo que você tem. Vitória do coração”, finalizou.

Marcos foi expulso na segunda-feira (11), após indícios de agressão física contra Emilly serem comprovados. Apesar da exclusão, o cirurgião plástico participou ao vivo da final do reality. Visivelmente mais magro, ele vestia uma camisa rosa e acenou para as câmeras. Ao perceber a presença do amado no palco, Emilly se emocionou.

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Emilly ficou muito abalada com a saída do seu par romântico. O apresentador tentou consolar a sister: “A culpa não é sua Emilly, você não tem culpa nenhuma. Sua família estava preocupada com você. O público também estava muito incomodado com tudo o que vinha acontecendo”.

Nas redes sociais, os familiares de Marcos iniciaram uma campanha a favor de Vivian, deixando os fãs do casal revoltados. Essa não foi a primeira vez que amigos e familiares do médico se colocaram contra a sister na disputa.

Leifert entrou na casa mais vigiada do Brasil na terça-feira (12), conversou com as sisters e assistiu aos melhores momentos delas no confinamento. Ao fim da edição, abriu a votação para a escolha da vencedora do “BBB17”.

Emilly foi a primeira confinada a assistir ao VT de melhores momentos de sua participação. O relacionamento com Marcos, a amizade com Roberta, as vitórias nas provas de liderança e os frequentes ataques de estrelismo e egoísmo foram mostrados no compilado. “Ela é difícil”, disse Leifert ao fim das cenas.

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Questionada pelo apresentador qual foi o maior aprendizado dentro da casa, Emilly respondeu:  “Aprendi a saber sentir dor, me controlar um pouco por mais que pareça que não. Eles me buscaram 15 depois da minha mãe ir pro céu. Eu fiquei pensando se isso ia ser uma experiência boa”, disse a gaúcha.

Após a estudante gaúcha se emocionar lembrando da mãe, o apresentador falou: “Vou revelar uma coisa. A brincadeira dos gêmeos com você, Mayla, Manoel e Antônio foi inspirada na sua seletiva, Emilly”. A sister ficou emocionada e respondeu: “Eu não acredito que fui a inspiração para os gêmeos, não acredito”.

Depois de muito tumulto pela saída de Marcos, os últimos dias das finalistas na casa foram marcados pela calmaria. As sisters ganharam um almoço tailandês, tratamento de beleza e alimentos à vontade. A casa foi tomada por músicas durante quase todos os momentos e mimos foram oferecidos, como presentes, sessão de cinema e até um kit de beleza entregue horas antes da final do programa.

Miss Mundo

A gaúcha Emilly, de 20 anos, foi um dos quatro participantes a entrar no “BBB17” um dia antes dos demais brothers: ao lado do irmã gêmea Mayla, contra quem competiu pela vaga na casa com a dupla Manoel e Antônio.

A sister ficou conhecida por sua autoestima. Ela virou meme nas redes sociais ao dizer “eu sou sensacional”. Os internautas criaram a hashtag “EuSouMaravilhosa” e brincaram com a gaúcha.

Dias depois ela soltou a emblemática frase: “Eu que sou o tipo de mulher que o Marcos gosta. Eu seria Miss Mundo se eu tivesse grana para investir nisso, e ela teve… eu seria Miss o que eu quisesse!”

Apesar da confiança, o romance com Marcos foi o que manteve a sister na disputa. O casal teve muitas brigas, apesar de protagonizar cenas quentes debaixo do edredom. Emilly virou febre nas redes sociais novamente, após um frase bastante picante.

Marcos mostrava sinais de desgaste e já considerava terminar a relação. O cirurgião plástico disse que estava “perdendo o encanto” em relação a sister, após algumas atitudes infantis e egoístas.

Reprodução/TVGlobo
Imagem: Reprodução/TVGlobo

O Twitter oficial do médico chegou a iniciar um campanha contra Emilly na semana passada. Controlado por quatro amigos do brother, o perfil comandou a campanha #foraemilly, que incentiva os fãs do cirurgião a votarem para que a gêmea saísse da casa.

Durante uma brincadeira, Emilly chutou Marcos e o médico acusou o golpe. Depois de alguns segundos no chão, o cirurgião levantou reclamando do ocorrido. A sister chegou a pedir desculpas, porém uma campanha enorme surgiu nas redes sociais, com a hashtgag #EmillyExpulsa, impactou diretamente nos votos contra ela.

O casal formalizou um tempo na relação depois de muitas discussões, mas apesar disso permaneceram grudados. Depois da sister conquistar uma prova do líder, o relacionamento voltou de maneira muito turbulenta.

Claramente perturbado, Marcos começou a intimidar psicologicamente a sister. O ápice aconteceu após um crise de ciúmes, quando apertou o braço da jovem e deixou hematomas. Ele também encurralou a gaúcha contra a parede em uma cena bastante dramática.

Agressão

Durante a madrugada de domingo (10), Marcos perdeu o controle e encurralou a sister em um canto da sala. O desentendimento aconteceu após a gaúcha sair da festa com Vivian e perguntar para o brother se ele queria que ela ganhasse o reality. Marcos respondeu que o público deveria decidir.

Reprodução/Gshow
Imagem: Reprodução/Gshow

“Isso é ridículo, Marcos. Pra mim você falou várias vezes que queria que eu ganhasse e a Vivian ficasse em segundo. Mas daí na frente dela tu fala que prefere que o público decida? Na cara da Vivian você não diz, né? E eu tenho que ficar vendo você babando nessa mulher na minha frente. Transbordou o meu balde. Chega. Não quero você perto de mim”, reclamou Emilly. Marcos estava dando risada da situação, e tentou dar um abraço na sister, que recusou e se esquivou inúmeras vezes.

Os gritos de Marcos acordaram Marinalva, que resolveu ir até a sala e intervir na discussão. “Emilly, você é uma pessoa desqualificada pra vencer esse programa mesmo. Uma pessoa mau caráter. Durante a prova de resistência você falou pra produção me eliminar sendo que eu não infringi nenhuma regra. Diante de ti todo mundo tem que calar a boca. Tu é totalmente desestruturada e não respeita ninguém”, gritou ela.

Expulsão de Marcos

O anúncio da expulsão de Marcos foi feito pelo apresentador Tiago Leifert no programa ao vivo da segunda-feira (10), sob a acusação de agredir fisicamente e psicologicamente a sister Emilly, como quem manteve um relacionamento dentro da casa.

Leifert abriu o programa anunciando a apuração do caso e eliminação do brother: “Como na vida, decisões forte e firmes precisam ser tomadas. Na conversa de hoje, ficaram comprovados indícios de agressão física. No ‘BBB’, agressão física é motivo para expulsão e as medidas foram tomadas. O Marcos está eliminado do ‘BBB17”.

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

“A gente recebeu a delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento a Mulher que nos solicitou as imagens de discussões entre Marcos e Emilly. A delegada instaurou um inquérito para apurar uma possível agressão física. Com base nesse inquérito, tivemos uma nova conversa profunda com a Emilly, inclusive com exame médico. Desde o primeiro momento, desde que tudo aconteceu, a Globo agiu firmemente, incansavelmente, a gente envolveu advogados, especialistas, psicólogos, conversamos muito para tomar a decisão correta, decisão justa”, disse Tiago.

Minutos antes do início do programa ao vivo, o gaúcho foi ao confessionário pela segunda vez no dia e não voltou mais. Ele já tinha sido chamado no começo da noite, mas não falou nada sobre a conversa.

Cerca de uma hora após a primeira ida do médico, foi a vez de Emilly. O áudio da casa foi cortado por poucos segundos e a sister seguiu até o cômodo privado. Depois de cinco minutos, ela deixou o local e foi até a cozinha em silêncio, na sequência ela caiu no choro e isolou na área externa da casa.

UOL