Com defasagem há 50 dias, mercado espera reajuste no preço do diesel

Vendido em média a R$ 6,63 nos postos de combustível pelo país, o óleo diesel está há 50 dias defasado, segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis. Com isso, representantes do mercado, importadores, distribuidores e acionistas afirmaram à CNN que esperam uma nova alta no combustível a qualquer momento.

O último reajuste da Petrobras passou a valer no dia 11 de março, mas uma semana depois, o valor combustível já estava defasado em relação ao mercado internacional. Na época, a alta foi de 25%. Ainda assim, o preço no exterior seguiu subindo. Agora, o combustível vendido pela Petrobras está 21% atrás do valor que é cobrado lá fora, uma diferença de R$ 1,27.

Em conferência na última sexta-feira (5), o presidente da Petrobras, José Mauro Coelho disse que o mercado diesel está impactado.

“É claro também que a Petrobras, ela não é insensível com a sociedade brasileira, principalmente em momentos atípicos como esse que nós vivemos, onde o conflito no leste europeu acaba impactando muito os mercados de energia, em especial, neste momento, o mercado de diesel”, disse Coelho.

CNN Brasil