Coronel Azevedo apresenta projeto de lei que proíbe a “linguagem neutra” nas escolas do RN

Um Projeto de Lei apresentado pelo deputado estadual Coronel Azevedo proíbe a “linguagem neutra” na grade curricular e no material didático das instituições de ensino públicas e privadas no Rio Grande do Norte.

Na opinião do parlamentar, “a adoção deste tipo linguagem prejudica diretamente a aprendizagem de pessoas com dislexia, a interpretação de leitura labial de pessoas com surdez, além de pessoas cegas ou com baixa visão que utilizam o braille e softwares como formas de leitura. Ou seja, prejudica milhões de pessoas”.

O projeto do deputado coloca ordem em algo que tentam lacrar a qualquer custo: o nosso idioma.