Coronel Azevedo denuncia ameaça de demissão de trabalhadores pela Governadora Fátima Bezerra (PT)

A Governadora Fátima Bezerra do PT informou nesta terça-feira (11) que os órgãos das administrações direta e indireta do Poder Executivo têm até o próximo dia 20 de janeiro para encaminhar as informações atualizadas do esquema vacinal contra a Covid-19 dos servidores públicos, conforme exigência do Decreto nº 31.022, de 26 de outubro de 2021, sob pena de demissão.

Para o Deputado Coronel Azevedo (PSC), “isto é um ato discricionário, uma ameaça de demissão dos servidores públicos que não se submeterem a vontade pessoal da Governadora, já que é decorrente de um decreto assinado pela petista, não é lei aprovada no parlamento”.

“Realizei audiência pública na Assembleia Legislativa contra este tipo de discriminação e ameaça. Apresentei projeto de Lei contra o passaporte sanitário. Estamos com assessoria jurídica a disposição. Não sou contra a vacina. Sou defensor do direito de decidir de cada um, frente aos riscos/benefícios de cada opção”, afirmou o parlamentar.