Criminosos proíbem campanhas em áreas do Rio e indicam em quem população deve votar. Todo cuidado é pouco no RN

Criminosos estão impedindo a liberdade de escolha de eleitores do Rio de Janeiro, como mostrou uma reportagem especial do RJ2 nesta quinta-feira (22).

As ameaças são contra moradores de áreas dominadas por quadrilhas que proíbem as pessoas de ouvir propostas e votar em quem quiserem.

Além disso, candidatos que não fecharem acordos ilegais, não podem fazer campanha nas comunidades.

Conforme apurou o RJ2, a Polícia Civil já intimou políticos do Rio suspeitos de fechar acordo com o crime organizado para garantir exclusividade de campanha nos territórios dominados.

Milícia e tráfico

Nos locais dominados, milicianos e traficantes ditam quem pode e quem não pode fazer campanha nas regiões controladas por eles.

Candidatos também admitem que não podem fazer campanha livremente em determinados locais.

“Não, de forma alguma. Não só eu como muitos candidatos, mas muitos têm medo”, assume um postulante, sem se identificar.

Com informações do G1/RJ

DO BLOG: São vários rumores e notícias que chegam a este veículo, que de forma tímida isso começa a acontecer no RN. Seriam candidatos com financiamento com dinheiro do crime e apoiado pelos criminosos por toda parte. Na cidade de Joao Dias inclusive, já aconteceram operações e prisões. Tem rumores de candidatos até na Grande Natal financiado pelo crime organizado.