Deputado Coronel Azevedo manifesta apoio à autonomia dos médicos acerca da pandemia da COVID-19

Na Sessão Ordinária desta quinta-feira (14), o deputado estadual Coronel Azevedo (PSC) manifestou apoio à autonomia dos médicos e criticou a polarização diante de um assunto tão importante, que é o tratamento contra covid-19 e a vacinação.

“Quero reafirmar o meu apoio incondicional aos médicos do Rio Grande do Norte e do Brasil. Estamos assistindo a ataques sem fundamentação, fruto de uma polarização acerca da pandemia. A Defensoria Pública da União (DPU) ingressou com ação contra o Conselho Federal de Medicina (CFM) solicitando indenização de R$ 60 milhões, um verdadeiro absurdo. O CFM é uma autarquia federal em defesa da sociedade brasileira. O sigilo, a autonomia e o respeito a relação médico e paciente são princípios milenares”, afirmou.

Sobre a vacinação o parlamentar afirmou: “Eu já me vacinei, mas defendo a liberdade dos pacientes, ouvindo seu médico, tomar a decisão. Há muitos relatos de crianças e adolescentes sofrendo efeitos adversos, após a vacinação”.

Coronel Azevedo também lembrou que o estado perdeu R$ 5 milhões, desviados em uma compra frustrada de respiradores durante o auge da pandemia, que pode ter resultado em diversas mortes pela falta dos equipamentos.

Assista ao vídeo e veja o pronunciamento completo: