Droga boliviana no RN

Segundo o Ministério Público Federal, a cocaína era trazida da Bolívia e entrava no Brasil pelo Acre. Já a maconha era levada para a região Norte do país, a partir do RN.

A organização também buscava a aquisição ilegal de armas de fogo e seus integrantes utilizavam documentos falsos para dificultar a identificação, além de lavar dinheiro por meio da compra de imóveis e veículos.