Em ação do TRT, hospital de Natal paga dívidas trabalhistas a 49 ex-funcionários

Processos movidos por ex-trabalhadores do Hospital Papi começaram a ser pagos nesta quinta-feira (28) na Central de Execuções do Tribunal.

2

Nesta quinta-feira (28), 49 processos movidos por ex-funcionários contra o Hospital Papi começaram a ser pagos no Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN). O valor total do acordo é de mais de R$ 300 mil. Os trabalhadores estiveram na Central de Execuções do Tribunal e receberam os alvarás com os valores devidos pela empresa. O Hospital Papi, que era localizado no bairro do Tirol, teve o seu funcionamento encerrado em 2016.

Segundo a diretora da Divisão de Inteligência do TRT-RN, o valor para o pagamento desses 49 processos foram conseguidos em “diligências executórias”, como , por exemplo, bens móveis levados a leilão. Ainda há, no entanto, ex-funcionários que ainda não tiveram acordo.

A copeira Leidia Patrícia dos Santos, ex-funcionária do hospital, se mostrou satisfeita com o recebimento neste momento, já que segue desempregada desde que deixou a empresa, em 2016. “Estou muito aliviada também, pois esse dinheiro chegou numa boa hora. Eu ainda estou desempregada”, disse.

Já a auxiliar administrativa Maria da Salete de Araújo, que se aposentou em 2015, não havia recebido valores como FGTS e multa de 40%. Assim, entrou com uma ação judicial. Nesta quinta-feira, ela recebeu os valores atualizados com juros pelo atraso. “É uma satisfação imensa receber o pagamento do processo, mas estou triste pelos colegas que ainda não receberam”, lamentou a aposentada.

A diretora da Divisão de Inteligência do TRT-RN Priscilla Gatto explicou que “provavelmente os processos que seguem em execução serão quitados quando o prédio onde funcionava o PAPI for a leilão”.

A Pointe Celular dispõe de um técnico especializado e certificado com selo ASTEC-RN, capacitado para sempre solucionar todos os problemas dos nossos clientes!
Entre em contato: (84) 9.8146-4720