‘Espero que o MPF recorra’, diz Moro sobre arquivamento de denúncia contra presidente da OAB

Ao saber, pelo Radar (da Veja), da decisão da Justiça Federal do Distrito Federal de arquivar a denúncia por crime de calúnia contra o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, o ministro da Justiça, Sergio Moro, lamentou o posicionamento do juiz Rodrigo Parente.

“Lamento a decisão de rejeição da denúncia, já que esta descreve de forma objetiva fatos que configuram calúnia e difamação”, disse Moro ao Radar. “Espero que o MPF recorra desta clara denegação judicial da proteção da lei”, afirmou Moro. O ministro da Justiça foi chamado de ‘chefe de quadrilha’ pelo presidente da OAB, Felipe Santa Cruz.