Governo conclui transferência de 20 chefes de facções para presídios federais

A conclusão da transferência imediata de 20 líderes de facções criminosas para presídios de segurança máxima foi confirmada pela Secretaria da Administração Penitenciária. Os presos estavam alocados no sistema carcerário do estado.

A identidade dos homens não foi divulgada, mas são lideranças de grupos como o Comando Vermelho e Guardiões do Estado. O Ministério da Justiça ofereceu 60 vagas em presídios de segurança máxima para que presos de alta periculosidade sejam transferidos.