Homem veio da Paraíba para matar mulher no Alecrim; motivo do crime teria sido vingança

O homem suspeito de matar a tiros Alecsandra Targino Barbosa, na tarde desta sexta-feira (11) no bairro do Alecrim, confessou, durante depoimento, ter matado a comerciante após ter discutido com a vítima.

Raphael Nascimento Gertrudes, de 30 anos, foi ouvido na sede da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), após ser preso em flagrante, horas depois do crime. Ele falou com exclusividade à equipe da Tv Tropical.

Raphael disse ainda que a vítima estaria o ameaçando após um desentendimento de relação comercial, já que ele e Alecsandra tinham ponto de venda no mesmo local – ela vendia água mineral e água de coco e ele panos de prato – e que em uma das discussões a comerciante teria chegador a bater no rosto dele.

De acordo com o delegado Marcus Vinícius, Raphael teria afirmado que a vítima estaria prejudicando a atividade comercial dele, já que Alecsandra era bastante conhecida pelo Alecrim e, após a discussão e as ameaças, teve que se mudar para a Paraíba.

Ainda segundo  o delegado, Raphael não conseguia esquecer a briga que teve com a vítima e voltou para se vingar. “Chegou de João Pessoa, desceu do ônibus na rodoviária, foi direto para lá e esperou o momento mais fácil para abordar a vítima e disparou contra ela”, explicou Marcus Vinícius.

Raphael foi preso dentro de um ônibus de transporte público de Natal, minutos após cometer o crime, por policias do 1º Batalhão da Polícia Militar que foram acionados por populares que presenciaram a ação criminosa. Com ele, a polícia apreendeu duas armas e uma faca.

A Polícia Civil irá reunir as provas da ocorrência e, a partir do inquérito, encaminhar a denúncia ao Judiciário. Raphael deve responder por homicídio qualificado por razão torpe.

Portal da Tropical