Isolda foge de plenário para não votar reajuste de servidores estaduais

32

A estridente deputada Isolda Dantas (PT), voz marcante e atuante na luta pelos direitos dos trabalhadores, quando era oposição, dessa vez se acovardou diante de uma proposta que visava reajustar o salário de todos os servidores do Estado.

O recurso que estende o aumento de 16,38%, não só para os procuradores, mas também para todos os servidores, foi apresentado pelo deputado Nelter Queiroz, e acabou sendo aprovado por ampla maioria dos deputados.

No plenário, servidores estaduais que acompanhavam a votação questionavam a ausência da deputada, que ganhou notoriedade política promovendo protestos a favor de reajustes para os servidores.

Votaram a favor: Coronel Azevedo, Nelter Queiroz, Kelps Lima, Allyson Bezerra, Tomba Farias, Sandro Pimentel, Ubaldo, José Dias, Hermano Morais, Gustavo Carvalho, Galeno Torquato e Getúlio Rego.

Votaram contra: Francisco do PT, George Soares, Raimundo Fernandes, Kleber Rodrigues e Vivaldo Costa.

Se ausentaram da votação: Isolda Dantas, Eudiane Macedo, Souza Neto, Dr. Bernardo e Albert Dickson.