Materia da pagina da CONTAG

EM OFICINA, DIRIGENTES SIMULAM MESA DE NEGOCIAÇÃO
07/05/2011

A técnica de simulação da mesa mostra na prática o que se deve e o que não se deve fazer durante o processo de negociação
A dois dias do início das reuniões de negociação do Grito da Terra de 2011 com o governo, os dirigentes que participam da oficina de formação de negociadores simularam uma mesa de negociação. A experiência mostrou na prática como se comportar e como agir diante de pressão e desentendimentos entre as partes.
A assessoria jurídica da Secretaria de Assalariados coordenou essa parte da oficina. Os participantes aprenderam um pouco sobre o conceito de negociação, a importância da argumentação e também sobre o papel de cada ator que compõe a mesa. Em seguida partiram para as simulações.
Após a dinâmica a diretoria da Contag e os participantes fizeram uma avaliação das mesas. O secretário de Assalariados (as) Rurais da Contag, Antônio Lucas fez algumas críticas ao comportamento daqueles que participaram das simulações. Segundo o secretário, o objetivo da técnica é mudar comportamentos e fazer com que as negociações se desdobrem em processos de diálogos e conquistas concretas para a agricultura familiar.
O secretário de Formação e Organização Sindical, Juraci Souto, explicou que a simulação cumpriu com o objetivo de discutir a importância da preparação da comissão negociadora e as estratégias de condução da reunião.
Durante a tarde, os participantes já munidos dos novos conhecimentos sobre o processo de negociação, analisaram mais uma vez a pauta do GTB, e construíram estratégias específicas para cada reunião com base na estrutura de cada ministério.
Fonte: Agência Contag de Notícias – Suzana Campos