Medida provisória para evitar demissões sai hoje

O chefe da Casa Civil, Braga Netto, confirmou que, além da sanção da ajuda emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais, sairá ainda hoje do Executivo a medida provisória para manutenção de empregos — governo emprestará até 2 salários mínimos para pequenas empresas.

O custo da ajuda emergencial será de R$ 98 bilhões; da MP para evitar as demissões, R$ 51,2 bilhões.

Amanhã, o governo edita outra medida provisória que vai liberar R$ 34 bilhões de créditos para as empresas e também vai efetuar repasses de R$ 16 bilhões para estados e municípios.