Mourão, sobre Bolsonaro: “Ele não é nenhum perigo para o sistema democrático”

Em entrevista ao Estadão, Hamilton Mourão disse que o governo de Jair Bolsonaro não é totalitário nem representa qualquer “perigo” para a democracia brasileira.

“Desde que o presidente foi eleito, se procurou apresentá-lo como alguém desmedido, que atenta contra os princípios democráticos. Ele não é isso, em absoluto. Ele não é nenhum perigo para o sistema democrático. Outros, muito mais perigosos, passaram por aqui e eram aplaudidos”, disse o general.

Mourão também falou sobre a escolha de Regina Duarte para a Secretaria Especial da Cultura.

“Só um governo totalitário controla a cultura. Aqui não existe governo totalitário. A cultura é um segmento onde você procura sedimentar valores, tradições e raízes. Nesse sentido, é uma discussão secundária para um país com 12 milhões de desempregados, desigualdades absurdas e uma economia que ainda não avançou.”