Mulher grávida e companheiro são presos por tráfico de drogas na Grande Natal

Uma mulher de 19 anos, grávida, com cerca de cinco meses de gestação, foi presa em uma operação deflagrada pela Polícia Civil nesta terça-feira (24) em Macaíba, na Grande Natal. O companheiro dela e outro suspeito também foram detidos na ocorrência.

Segundo a 20ª Delegacia de Polícia de Macaíba, o trio foi preso durante a 25ª fase da Operação “Parabellum” e são suspeitos de tráfico de drogas, associação para o tráfico, posse ilegal de arma de fogo e munições, associação criminosa armada e receptação.

As diligências foram realizadas no bairro Alta de Souza, em Macaíba.

Ainda de acordo com a polícia, o objetivo da operação é reprimir roubos a imóveis urbanos e rurais na cidade, além de desarticular a ação de organizações criminosas na região, com ações de combate aos crimes praticados por integrantes de organizações criminosas.

“Durante as investigações, os policiais civis conseguiram identificar os suspeitos presos nesta terça-feira (24), como autores desses crimes, além de identificarem os detidos como responsáveis por um ponto de venda de drogas fixado no imóvel onde eles residiam. Todos os suspeitos presos já eram investigados pela equipe”, informou o delegado Cidórgeton Pinheiro, titular da delegacia.

Ao longo das diligências, o grupo foi flagrado com drogas, uma espingarda calibre 12, diversas munições, celulares e outros objetos com registros de roubo. A mulher tentou fugir e esconder objetos ilícitos, mas foi localizada e presa.

Um dos suspeitos já havia sido preso por tentativa de latrocínio. De acordo com o delegado, a mulher grávida também tinha sido detida no dia 26 de julho de 2022, pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico, após ser flagrada com porções de maconha e “crack”, porém o companheiro dela tinha conseguiu fugir, na ocasião. Os dois foram indiciados e respondem a ação penal.

Após o flagrante desta terça-feira (24), o trio foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil e deve passar por audiência de custódia nesta quarta-feira (25).

Por G1 RN.