Município de Acari mentiu ao afirmar que vacinou educador físico com registro no CREF?

Quando o Blog do Marcos Dantas recebeu a denúncia de um suposto caso de fura-fila na vacinação contra a Covid-19 em Acari, a primeira coisa feita foi entrar em contato com o prefeito Fernando Bezerra e a coordenadora de vacinação, enfermeira identificada como Ana Letícia.

Tanto o prefeito como a coordenadora confirmaram que o estudante de educação física Davyson Mallone de Medeiros só foi vacinado porque era educador físico e, inclusive registrado no Conselho Regional de Educação Física (CREF). E que além dele mais dois outros educadores físicos, também com registros no mesmo Conselho também foram vacinados.

Versão totalmente divergente da passada pelo Conselho Regional de Educação Física da 16ª Região ao G1, de que o estudante não possui registro como profissional. O CREF disse ainda que não compactua com o uso da profissão para o benefício pessoal e repudia qualquer exercício da profissão sem o devido registro.

Os dois outros educadores vacinados são realmente educadores físicos por formação, e registrados no CREF?