Municípios do RN utilizam 52,7% da verba para covid-19 transferida pela União

O Ministério da Saúde transferiu pelo menos R$ 552 milhões aos municípios potiguares ao longo de 2020 para serem utilizados no combate à pandemia do novo coronavírus. Aproximadamente R$ 275,3 milhões foram utilizados por 155 prefeituras até o fim do ano, segundo as informações da plataforma Confúcio, do Ministério Público do Estado. O valor corresponde a pouco mais da metade (52,7%) dos recursos. Doze municípios utilizaram mais de 90% do dinheiro, mas na maioria das cidades ele segue em caixa para ser utilizado.

A plataforma Confúcio reúne os portais da transparência de todos os municípios potiguares e do governo estadual. Entretanto, 10 municípios não constam na base de dados da plataforma por estarem com portais da transparência fora do ar; e outros dois não possuem uma aba específica para os gastos com a covid-19. Segundo o MPE, a plataforma é atualizada automaticamente de acordo com as informações fornecidas pelas prefeituras em seus portais.

Investimentos para o combate à pandemia no RN

Estado

R$ 201,5 milhões é o total utilizado pela Sesap no combate à pandemia

Desse total, R$ 112,8 milhões foram transferências do Ministério da Saúde

DETALHE DOS GASTOS

Leitos: R$ 40 milhões

Contratação de pessoal (temporários e terceirizados): R$ 54,7 milhões

Compra de insumos: R$ 72,1 milhões

Reforma de unidades hospitalares: R$ 931 mil

Outros produtos de Saúde: R$ 33,6 milhões

R$ 72,7 milhões devem ser utilizados nos próximos dias com a execução de serviços e entrega de insumos

Principais Municípios

Natal

Recebido: R$ 110.120.000,00

Gasto: R$ 68.462.496,00

Execução: 62.17%

Mossoró

Recebido: R$ 41.518.000,00

Gasto: R$ 32.094.900,00

Execução: 77,3%

Parnamirim

Recebido: R$ 16.562.700,00

Gasto: R$ 8.032.540,00

Execução: 48,5%

Municípios que gastaram mais de 90% dos recursos transferidos pelo Ministério da Saúde:

Monte Alegre

Recebido: R$ 4.699.530,00

Gasto: R$ 7.287.080,00

Execução: 155%

Grossos

Recebido: R$ 1.417.640,00

Gasto: R$ 1.859.550,00

Execução: 131%

São Gonçalo do Amarante

Recebido: R$ 11.479.200,00

Gasto: R$ 12.764.200,00

Execução: 111%

Parelhas

Recebido: R$ 3.172.860,00

Gasto: R$ 3.451.650,00

Execução: 108%

São Miguel

Recebido: R$ 2.971.770,00

Gasto: R$ 3.126.820,00

Execução: 105%

Jundiá

Recebido: R$ 721.089,00

Gasto: R$ 736.731,00

Execução: 102%

Goianinha

Recebido: R$ 5.811.200,00

Gasto: R$ 5.790.630,00

Execução: 99,65%

São Bento do Trairi

Recebido: R$ 696.920,00

Gasto: R$ 678.791,00

Execução: 97,40%

Vila Flor

Recebido: R$ 575.659,00

Gasto: R$ 557.512,00

Execução: 96,85%

São José do Campestre

Recebido: R$ 2.081.580,00

Gasto: R$ 1.948.150,00

Execução: 93,59%

Passagem

Recebido: R$ 709.655,00

Gasto: R$ 656.451,00

Execução: 92,50%

Bodó

Recebido: R$ 736.324,00

Gasto: R$ 673.501,00

Execução: 91,47%