O que a crise pode nos ensinar quando falasse em politico

Sessão Deliberativa Remota da 2ª Sessão Legislativa Ordinária da 56ª Legislatura. Ordem do dia. Em sessão virtual, o Senado vota quatro projetos de lei para o enfrentamento do coronavírus. O PL 1.006/2020 prevê a prestação de auxílio financeiro da União às santas casas e hospitais sem fins lucrativos que participam de forma complementar do Sistema Único de Saúde (SUS). O PL 805/2020 suspende por 120 dias a obrigatoriedade da manutenção das metas quantitativas e qualitativas firmadas pelos prestadores de serviço de saúde no âmbito do SUS. O PL 696/2020 dispõe sobre o uso da telemedicina durante a crise causada pelo coronavírus. O PL 702/2020 dispensa o empregado de comprovar motivo de quarentena durante o período da emergência de saúde pública. A sessão é realizada na sala da Secretaria de Tecnologia da Informação do Senado Federal (Prodasen) e conduzida pelo 1° vice-presidente do Senado Federal, senador Antonio Anastasia (PSD-MG). Participam: 1° vice-presidente do Senado Federal, senador Antonio Anastasia (PSD-MG); senador Weverton (PDT-MA). Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O Senado votou todos os dias nesta semana — provavelmente um recorde.

Em duas semanas, a Casa Legislativa ajustou legislações inteiras ao período da pandemia, numa agilidade incrível.

Os acordos foram fechados com mais facilidade, vários líderes acabaram recuando em suas convicções e as votações, em sua maioria, foram unânimes.

É tempo de crise, mas eles mostram que conseguem quando querem.