Operação Vale Tudo com PF, MPF, Receita e CGU apreende dinheiro em espécie, inclusive dólares e euros, em residência de empresário em Natal

Fotos: Divulgação/PF

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal, com apoio da Receita Federal e da Controladoria Geral da União, deflagraram na manhã desta sexta-feira, 30/10, a Operação Vale Tudo visando desarticular uma organização criminosa acusada de fraudes em licitação, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no município de Extremoz, Região Metropolitana de Natal.

Com o avanço das investigações e, através da quebra de sigilo bancário, verificou-se que a organização criminosa teria desviado mais de R$ 2 milhões de reais entre os anos de 2017 e 2020, por meio de fraudes em licitações que visavam à aquisição de medicamentos, produtos odontológicos e hospitalares destinados ao município de Extremoz.

Na capital potiguar, no bairro do Tirol, na Zona Leste, a Polícia Federal apreendeu dinheiro em espécie, inclusive, moeda estrangeira. Em residência de empresário foram apreendidos R$ 70 mil, além de 2.865 euros e 999 dólares.