Covid: Proprietários de bar são presos por descumprirem decreto em Mossoró

Uma operação de rotina da Polícia Militar (PM) em Mossoró, no Oeste potiguar, culminou, na noite deste domingo (31) com a prisão dos proprietários de um bar por descumprimento aos decretos estadual e municipal, que proíbem aglomerações por causa da pandemia do novo coronavírus.

O estabelecimento, localizado no bairro Bom Jesus, foi fechado. A polícia disse ter chegado ao local por meio de denúncia.

A PM informou que havia cerca de 200 pessoas no local. Após determinar o fechamento do bar, os policiais conduziram os proprietários do estabelecimento à delegacia para prestar esclarecimentos.

VÍDEO – Prefeitura de São Francisco do Oeste entregou no último sábado, 30 de maio, a reforma da Unidade Básica de saúde, confira

A Prefeitura de São Francisco do Oeste entregou no último sábado, 30 de maio, a reforma da Unidade Básica de Saúde Francisca Emília Leite. Esse é mais um equipamento que chega para reforçar a saúde do nosso município. O prefeito Lusimar Profirio destacou a importância da obra diante a pandemia que o mundo está enfrentando.

Todas as medidas de segurança foram seguidas.

PT e PSDB nomearam oito dos onze ministros do Supremo

Chamado de “puxadinho do PT e do PSDB” por Roberto Jefferson, presidente do PTB, o Supremo Tribunal Federal tem composição que poderia dar razão ao ex-deputado não fosse a atitude de independência dos ministros. Presidentes do PT indicaram sete dos onze ministros do STF, mas eles não agradeceram a nomeação com a toga, condenando corruptos ligados a Lula, por exemplo, que indicou três ministros e Dilma cinco. FHC escolheu apenas Gilmar Mendes, entre os atuais ministros.

Dilma nomeou Luiz Fux, Rosa Weber, Luis Roberto Barroso (que assumiu a presidência do TSE) e Edson Fachin, relator da Lava Jato.

Foram nomeados por Lula o atual presidente do STF, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia.

José Sarney escolheu o decano Celso de Mello, Fernando Collor indicou Marco Aurélio e Michel Temer nomeou Alexandre de Moraes.

CLÁUDIO HUMBERTO

Quase 8500 pessoas foram demitidas em abril no RN

Os dois setores que mais empregam e que juntos são responsáveis por aproximadamente 77% do Produto Interno Bruto (PIB) do Rio Grande do Norte conforme dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), estão mergulhados em mais uma séria crise. Juntos, somente em abril, eles fecharam 5.909 postos de trabalho formais no Estado, segundo levantamento do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia.

O número corresponde a 71,17% do total de desligamentos registrados em abril no Estado, cujo total foi de 8.303 conforme o Caged.

TRIBUNA DO NORTE

Para Bolsonaro, STF e PF usam filhos para atingi-lo

Alheio aos apelos da cúpula do Congresso, Jair Bolsonaro declara-se disposto a medir forças com o Supremo Tribunal Federal. Ele construiu uma teoria. Em privado, acusa ministros da Corte e uma ala da Polícia Federal de utilizar seus filhos para prejudicá-lo, inviabilizando sua Presidência. Promete reagir.

Em visita ao Planalto na última quinta-feira, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, aconselhou Bolsonaro a parar de “esticar a corda” com o Supremo. Ele respondeu que se considera “desrespeitado”. Estaria apenas “reagindo”.

Neste sábado, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, insinuou numa videoconferência que Bolsonaro produz uma instabilidade que inibe inclusive os investimentos. “O ideal é que a gente consiga ter mais harmonia e menos conflito.”

No gogó, Bolsonaro até concorda com a premissa constitucional de que Executivo, Legislativo e Judiciário devem operar de forma independente e harmônica. Mas ele diz a auxiliares que a coisa só funciona se houver “respeito mútuo.”

Embora não utilize a palavra, Bolsonaro fala como se enxergasse a formação de complô para apeá-lo do Poder. Nessa versão, os filhos Flávio, Carlos e Eduardo Bolsonaro seriam usados como degraus para atingir o pai.

Na percepção do presidente, o primogênito Flávio Bolsonaro está prestes a ser arrastado para dentro do inquérito em que Sergio Moro o acusa de tramar uma intervenção política na Polícia Federal. O caso é relatado no Supremo por Celso de Mello.

Bolsonaro se diz convencido também de que os filhos Carlos e Eduardo são personagens ocultos do inquérito em que parlamentares, ativistas e empresários bolsonaristas são acusados de difundir fake news nas redes sociais. Nesse caso, o relator é Alexandre de Moraes.

Causou irritação a Bolsonaro uma petição encaminhada a Celso de Mello pela delegada federal Christine Correa Machado. Na peça, a doutora pede a prorrogação por 30 dias do inquérito que apura as acusações de Moro.

Ao justificar o pedido, a delegada alegou que precisa realizar novas diligências. Incluiu no rol de pendências a resposta a um ofício encaminhado à Justiça Eleitoral, no Rio de Janeiro. O documento requisita informações sobre investigação relacionada ao suposto enriquecimento ilícito de Flávio Bolsonaro.

A pretexto de negar que tivesse interesse em intervir na PF, Bolsonaro dissera que a superintendência do órgão no Rio jamais investigara sua família. Era lorota. A pedido da Justiça Eleitoral, a PF varejara transações imobiliárias do Zero Um.

Flávio não foi indiciado. Mas o Ministério Público se negou a arquivar o processo. A investigação permanece aberta. Algo que reforçaria a suspeita de intervenção levantada por Moro.

Na petição enviada a Celso de Mello, a delegada da PF enumera outras diligências. E antecipa a intenção de interrogar o próprio presidente da República.

O relator aguarda manifestação do procurador-geral da República Augusto Aras sobre o pedido da PF. Mas Bolsonaro dá de barato que Celso de Mello autorizará a prorrogação das investigações por 30 dias.

“Estão muito enganados se acham que o presidente Bolsonaro vai aceitar passivamente ser tratado como um novo Michel Temer”, declarou o auxiliar do Planalto.

Considerando-se o que diz entre quatro paredes, Bolsonaro trata como favas contadas também o suposto interesse do ministro Alexandre de Moraes de implicar seus outros dois filhos —Carlos e Eduardo—no inquérito sobre fake news. “Para nós, é questão de tempo”, diz o assessor.

Não é só. Bolsonaro sente cheiro de queimado no Tribunal Superior Eleitoral, que está sob nova direção. Acaba de assumir a presidência do TSE o ministro Luís Roberto Barroso. Ascendeu à vice-presidência o ministro Edson Fachin.

Barroso e Fachin ocupam assentos também no Supremo. O primeiro atuou como algoz de Temer. O segundo é relator da Lava Jato. Suspeita-se no Planalto que a dupla levará à vitrine pedidos de cassação da chapa vitoriosa na campanha presidencial de 2018, acusada de praticar golpes baixos no WhatsApp e outras redes sociais.

Por uma trapaça sorte, Alexandre de Moraes, o relato do inquérito sobre fake news, também passará a dar expediente no TSE. Avalia-se que Moraes não hesitará em compartilhar com a Justiça Eleitoral dados colecionados no inquérito que corre no Supremo.

JOSIAS DE SOUZA

Deputada Isolda Dantas nega ter participado de aglomeração

A deputada estadual Isolda Dantas negou ter participado de aglomeração ou carreata, de acordo com a mensagem abaixo enviada pela assessoria da parlamentar:

Neste sábado, 30/05, fui vítima das famigeradas fake news. Pela manhã, peguei um adesivo Fora Bolsonaro e decidi pregar em meu carro. Os adesivos estavam sendo distribuídos sem aglomerações e respeitando as recomendações da OMS. Logo me apontaram como alguém que estava “furando a quarentena e fazendo aglomerações”, até uma carreata fake foi criada. Nunca! NÃO HOUVE AGLOMERAÇÃO. NÃO HOUVE CARREATA! Depois que preguei o adesivo em meu carro fui para minha casa porque tenho muito respeito pela ciência e pela vida do povo. E assim seguimos na luta por um Brasil vencendo o coronavírus e a crise.

Deputada Estadual Isolda Dantas

Brasil ultrapassa a marca de 200 mil pacientes recuperados do coronavírus

O Brasil ultrapassou neste sábado (30) a marca de 200 mil pacientes recuperados da Covid-19. De acordo com o balanço divulgado pelo Ministério na Saúde, já são 200.892 pessoas curadas do coronavírus no país. Este número equivale a 40,3% do total de 498.440 pessoas que foram infectadas. Nas últimas 24h, foram registrados 11.416 curados. Outras 286.714 pessoas seguem em acompanhamento.

Itaú antecipa saída do lockdown

A cidade de Itaú, única do Rio Grande do Norte a adotar o lockdown, anunciou o fim da medida restritiva no município. O decreto publicado no dia 12 deste mês determinava a “política de isolamento social rígido para o enfrentamento da pandemia” até o dia 31, domingo. Mas o prefeito da cidade, Ciro Bezerra, decidiu antecipar o fim da medida, liberando a abertura de estabelecimentos comerciais ao longo desta semana, adotando medidas sanitárias como uso de máscaras e álcool em gel e sem aglomeração.

Policial Militar que morreu vítima do coronavírus tem pertences roubados no hospital

O policial militar do Rio Grande do Norte, Elcio Carvalho, que morreu na última quarta-feira (27), vítima da Covid-19, teve todos os pertences pessoais roubados dentro do Hospital Estadual Giselda Trigueiro.

A esposa do militar foi em busca dos pertences pessoais do marido (como aliança de casamento, relógio e celular) porém, não encontrou nada no hospital.

De acordo com informações passadas pela viúva, o hospital se prontificou de devolver em quantia (indenizando-a) os pertences que sumiram. O policial Elcio Carvalho era cabo da PM e estava lotado no 3º Batalhão de Parnamirim, na região Metropolitana de Natal.

Com informações do Blog do jornalista Eugênio Bezerra

MPF pede suspensão de norma do Ministério da Saúde que ampliou uso da cloroquina

Procuradores do Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe pediram ao Ministério da Saúde a suspensão do documento que permite o uso da cloroquina na rede pública de saúde. O uso do remédio contribuiu para a queda de dois ministros em meio à pandemia: Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. O medicamento vem sendo defendido pelo presidente Jair Bolsonaro, mas a maioria das pesquisas apontou que sua utilização não traz benefício contra a Covid-19.

Os procuradores pediram a suspensão da ampliação até que o Ministério da Saúde apresenta existência de relação benefício-risco favorável ao uso da Cloroquina pela Anvisa, a existência de um plano de farmacovigilância para identificação, avaliação e monitoramento do uso precoce, garantia de acesso aos pacientes aos testes para Covid e ao exames laboratariais para acompanhamento da evolução do uso de medicamentos, como o eletrocardiograma, e constituição de prtocolo clínico.

No documento publicado pelo Ministério da Saúde no último dia 20, a pasta admite que não há evidências científicas que comprovem a eficácia da cloroquina e de seus derivados, assim como seu uso conjunto com outro remédio, a azitromicina. No último dia 22, a revista médica “The Lancet”, uma das mais prestigiados no campo da Medicina mundialmente, apresentou resultados de uma nova pesquisa sobre o uso do medicamento em pacientes com Covid-19.

No estudo, os cientistas não constataram benefício aos pacientes e ainda perceberam um aumento das taxas de mortalidade e arritmias cardíacas. Além disso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) também suspendeu os ensaios clínicos com a clorquina que estavam sob sua coordenação.

De acordo com os procuradores, a falta de testes também comprometeria a ampliação do uso da cloroquina no SUS.

“A atual capacidade de processamento de testagem no país é de dez mil exames por dia, conforme apresentado pela Secretaria de Vigilância Sanitária em 20 de maio de 2020, e o plano de testagem nacional não sofreu alterações que permitam abranger o universo de sintomáticos leves que terão que fazer o teste previamente ao uso de cloroquina ou hidroxicloroquina, com capacidade de resposta efetiva dos exames”, afirmam os procuradores.

O Globo

Número de casos de coronavírus no mundo passa de 6 milhões

De acordo com os números monitorados pela Universidade Johns Hopkins, dos EUA, o número total de casos de coronavírus no mundo passou dos 6 milhões neste sábado (30).

Os EUA são o país com mais casos confirmados, 1,7 milhão. Em segundo, o Brasil com cerca de 465 mil casos.

Em relação ao número de óbitos, a universidade americana contabiliza mais de 367 mil em todo o planeta provocadas pela pandemia do novo coronavírus. Os EUA possuem mais de 103 mil mortos e é o primeiro da lista. O Reino Unido está em segundo com pouco mais de 38 mil óbitos.

Coronavírus: Brasil registra 956 óbitos e 33.274 casos nas últimas 24h, total de mortes chega a 28.834 e infectados são 498.440

O Brasil ultrapassou a França no número de mortos por Covid-19 neste sábado (30). O balanço mais recente do Ministério da Saúde mostrou o país totaliza 28.834 óbitos por coronavírus.

Já a França registra até o momento 28.774 mortes, segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins.

Os principais dados do Brasil são:

28.834 mortes, eram 27.878 na sexta-feira;

Foram 956 registros de morte incluídos em 24 horas;

498.440 casos confirmados, eram 465.166 na sexta-feira;

Foram incluídos 33.274 casos em 24 horas;

268.714 pacientes estão em acompanhamento;

200.892 pacientes estão recuperados.

G1

Ao vencer Covid-19, potiguar de 91 anos deixa hospital depois de 13 dias internada

Foram momentos de angústias, medos e incertezas. Entretanto, depois de 13 dias a história da aposentada Maria Lopes, de 91 anos, fecha um ciclo com final feliz. Por volta das 12h deste sábado (30), ela teve alta do Hospital da Polícia, após se recuperar da infecção provocada pelo novo coronavírus (Covid-19).

No domingo (24)o portal Agora RN revelou a longa espera de dona Maria para ser transferida a uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital da Polícia em Natal. Uma espera que durou quase 24h.

O neto de dona Maria, o engenheiro civil Fagner Miguel, conta que os primeiros sintomas da infecção apareceram no dia último dia 14. Ela foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Macaíba, na região Metropolitana de Natal, no dia 17, onde foi internada com suspeita da doença.

“Foi um período difícil, porque quando minha avó deu entrada na UPA, a gente não tinha noção de qual seria o quadro dela. O primeiro impacto foi quando o médico disse que ela ia precisar ficar em observação, ou seja, não ia voltar para casa”, conta Fagner. Ele conta que dona Maria teve queda de pressão e apresentou febre.

“Foi muito angustiante quando a gente soube que ninguém da família ia poder ter contato com ela. A partir dali, nós não tínhamos noção de como minha avó sairia do hospital”, descreveu.

Longa espera por uma UTI

Segundo Fagner, o médico que acompanhava a idosa orientou que ela fosse transferida para uma UTI. Além da idade avançada, dona Maria é cardiopata, fatores que poderiam agravar o quadro da paciente. Mas a família esbarrou em um problema: a dificuldade em encontrar leitos disponíveis.

Foi aí que Fagner e os parentes optaram por entrar na Justiça para reivindicar um leito. No último sábado (23), a família conseguiu na Justiça uma liminar que autorizava a transferência naquele mesmo dia, mas isso não aconteceu.

Segundo o engenheiro, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) da Região Metropolitana alegou que não estava com ambulâncias disponíveis para a transferência. Somente por volta das 15h do domingo (24), a paciente foi levada ao Hospital da Polícia, em Natal.

Alívio e agradecimentos

A fé foi a maneira que a família de dona Maria encontrou para enfrentar a situação. Por isso, parentes e amigos se uniram em uma corrente de oração. Fagner destacou a determinação da avó em se recuperar da doença e fez questão de agradecer aos profissionais que acompanharam a internação.

“Minha avó é uma guerreira. Ela conseguiu se recuperar de uma doença que ninguém conhece, de fato, a origem. Faço questão de agradecer a toda equipe da UPA de Macaíba: da diretoria, passando por toda a equipe de enfermagem, até o pessoal do serviço social. Também quero agradecer ao nosso advogado, que conseguiu, através da Justiça, um leito de UTI”, disse.

“Tem ainda a equipe do Hospital da Polícia. Dos médicos à enfermagem, esses profissionais são verdadeiros heróis que enfrentam a guerra sem perder o amor e a humanidade. Não temos palavras para agradecer”.

RN tem mais de 300 mortes por Covid-19; 37 óbitos foram confirmados nas últimas 24h

ORio Grande do Norte contabiliza 305 mortes por Covid-19 neste sábado (30), segundo informações do Portal Covid-19 da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap/RN). Destes, 37 óbitos foram confirmados nas últimas 24h.

Cipriano Maia, secretário da Saúde, informou durante coletiva do Governo do RN, realizada neste sábado (30), que ainda há 64 mortes em investigação.

O número de casos confirmados aumentou para 7402, tendo um aumento de 939 casos. Destes, 1410 estão curados da doença. Também há 14.172 casos suspeitos.

Deputada Isolda Dantas desrespeita isolamento social e participa de manifestação

A Deputada Estadual Isolda Dantas (PT) desrespeitou o isolamento social e participou neste sábado (30) de uma manifestação, a V Ação da Marcha Mundial das Mulheres. Além de ações de solidariedade, o ato contou com distribuição de adesivos com os dizeres “Fora Bolsonaro”. Assim fica difícil pedir que a população “Fique em Casa”.

DENÚNCIA: Corpos de pacientes vítimas de óbito de COVID-19 estão passando no corredor da nutrição no Hospital Giselda Trigueiro

Uma denúncia anônima chega ao Blog do BG nesta sexta-feira(29) para relatar a população o que os servidores da saúde estão passando no Hospital Giselda Trigueiro, em Natal.

De acordo com a denúncia, os corpos de pacientes vítimas de óbito de COVID-19 estão passando no corredor da nutrição cruzando com os carros de distribuição de dietas dos pacientes.

“Depois que a maca passa com os óbitos de COVID-19 pelo corredor não é feita a higienização”, diz a denúncia, ainda destacando que superiores do Hospital disseram que não poderiam resolver a situação, pois não tinham dinheiro para construir uma rampa de passagem dos corpos por outro lado, e que ainda seria necessária uma licitação.

Por fim, o(a) denunciante desabafou: “tanta burocracia pra construir uma rampa pra passagem das macas com os óbitos. Será que só vão liberar o dinheiro depois da pandemia?”.

Agências da Caixa abrem neste sábado (30) para saques

ACaixa vai abrir 2.213 agências neste sábado (30), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do auxílio emergencial que receberam a primeira parcela até 30 de abril, nascidos em janeiro e que queiram fazer o saque em espécie do benefício. A partir desta data, também será possível a transferência do benefício para contas da Caixa ou de outros bancos.

Em época de pandemia, o auxílio emergencial está sendo pago a trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados.

Antes de ir a uma agência, orienta a Caixa, os clientes devem consultar as unidades que estarão abertas em sua localidade.

Desde o dia 20 de maio, foi creditado em 31 milhões de contas o pagamento da segunda parcela, totalizando R$ 20,3 bilhões.

Nesta sexta (29), terminam os escalonamentos definidos para pagamento da segunda parcela aos beneficiários do auxílio emergencial que integram o Bolsa Família, contemplando 9,5 milhões de pessoas, e para o pagamento da primeira parcela aos 8,3 milhões que ainda não tinham recebido o recurso, totalizando R$ 5,3 bilhões.

Segundo a Caixa, mesmo após o encerramento desses prazos, os valores do auxílio continuarão disponíveis para recebimento.

Macacos pegam amostras de sangue com coronavírus na Índia

Um grupo de macacos atacou um profissional de saúde e pegou amostras de sangue de pacientes que tiveram diagnóstico positivo do coronavírus na Índia, disseram autoridades nesta sexta-feira (29). O ataque ocorreu nesta semana quando um técnico de laboratório percorria o campus de uma universidade médica estatal de Meerut, situada 460 quilômetros ao norte de Lucknow, capital do Estado de Uttar Pradesh.

“Macacos agarraram e fugiram com as amostras de sangue de quatro pacientes de Covid-19 que estão em tratamento… tivemos que tirar amostras de sangue de novo”, contou o douto S. K. Garg, uma autoridade graduada da universidade.

As autoridades disseram que não têm certeza se os macacos derramaram as amostras de sangue, mas pessoas que moram perto do campus arborizado temem uma disseminação ainda maior do vírus se os macacos levarem as amostras para áreas residenciais.

Garg disse que tampouco está claro se os animais podem contrair o coronavírus se tiverem contato com sangue infectado. “Não tem se encontrado indícios de que macacos podem contrair a infecção”, disse Garg à Reuters.

Acredita-se que o vírus passou de animais para pessoas no mercado de animais silvestres da cidade chinesa de Wuhan no final do ano passado.

A Índia teve 165.799 casos de coronavírus e 4.706 mortes até agora.

Os macacos vêm adentrando cada vez mais em assentamentos humanos da Índia e causando distúrbios, chegando a atacar pessoas. Ambientalistas dizem que a destruição do habitat natural é a principal razão para eles migrarem para áreas urbanas em busca de alimento.

Em depoimento à Polícia Federal, Weintraub fica calado; inquérito apura ataques a ministros do Supremo e fake news

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, prestou depoimento à Polícia Federal nesta sexta-feira, no prédio do MEC. Segundo relatos feitos ao GLOBO, o ministro apelou ao direito de permanecer em silêncio. A PF havia marcado o depoimento para amanhã. Porém, hoje, o próprio Weintraub pediu para antecipá-lo.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes determinou o depoimento de Weintraub para explicações sobre sua afirmação durante reunião ministerial do dia 22 de abril, quando pediu a prisão de todo o STF.

— Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia. Começando no STF. E é isso que me choca — disse Weintraub na ocasião.

A decisão de Moraes foi tomada no inquérito que investiga, desde março de 2019, ataques ao STF e aos ministros. Segundo o ministro do Supremo, há indícios de que Weintraub cometeu crimes de injúria e difamação, previstos no Código Penal, bem como quatro crimes previstos na Lei de Segurança Nacional, de 1983.

“A manifestação do Ministro da Educação revela-se gravíssima, pois, não só atinge a honorabilidade e constituiu ameaça ilegal à segurança dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, como também reveste-se de claro intuito de lesar a independência do Poder Judiciário e a manutenção do Estado de Direito”, escreveu Moraes.

Nesta quarta-feira, o ministro Moraes autorizou uma operaçao da PF contra fake news e ataques ao Supremo dentro do mesmo inquérito. Além de seis deputados federais bolsonairstas, aliados do presidente, como empresários e influenciadores, foram alvos da operação.

A Comissão de Ética Pública da Presidência da República também determinou que o ministro da Educação explique as declarações. A comissão deve analisar também o fato de Weintraub ter usado assessores do ministério como advogados em ações de interesse particular, conforme revelado pelo GLOBO. O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) entrou com uma representação no órgão sobre o caso, mas o assunto ainda não foi analisado, segundo Lucon.

O Globo

Governadora publicará novo decreto que mantém aulas suspensas até 7 de julho


A governadora Fátima Bezerra anunciou através das redes sociais que o atual decreto que suspende as aulas em todo RN até 31 de maio será prorrogado.

Pelo novo decreto, que será publicado no final de semana, as aulas deverão seguir suspensas até o dia 7 de julho, conforme informações obtidas pelo BLOGDOBG.

Segundo a governadora, a decisão foi tomada “em consonância entre as entidades educacionais do Estado”. Fátima Bezerra disse ainda através de sua conta no Twitter que “toda decisão da atual gestão no tocante à contenção da pandemia está apoiada nas orientações do nosso Comitê Científico”, escreveu.