ENVIADO PELA CONTAG

O
Encontro Nacional Unificado dos Trabalhadores(as) e Povos do Campo, das Águas e
das Florestas é uma ação que está sendo pensada em conjunto com as organizações
de distintos grupos sociais, etnias e movimentos agrários de todo o Brasil –
povos indígenas, comunidades tradicionais, assentados de reforma agrária,
agricultores familiares extrativistas, povos da floresta, pescadores
artesanais, quilombolas e ainda trabalhadores assalariados. O foco de unidade
desses povos e grupos sociais é a luta pela terra, contra as muitas ameaças,
que não obstante múltiplas particularidades, apresenta um denominador comum – a
expansão sem limites de regras democráticas, do grande capital sobre as terras
e territórios de destinação social. Será um momento extremamente importante de
dialogar com o governo e a sociedade questões centrais sobre esses temas.
Este
Encontro Nacional Unificado está possibilitando a unidade das organizações
sociais do campo, mesmo com as adversidades políticas, sociais e regionais, em
função da necessidade de se reconhecer, resgatar e respeitar as lutas da
população rural por: Terra e Território; realização de uma reforma agrária
ampla; reestruturação dos setores de governo que atendem a agricultura
familiar, camponesa e povos do campo, das águas e das florestas; fomento à
agroecologia e diversas práticas da agricultura orgânica, susceptíveis de
eliminar a utilização de agrotóxicos e a produção de alimentos saudáveis;
dentre outros. Nesse contexto, a ação pretende desencadear três dimensões:
política, no sentido de unidade nos movimentos agrários em torno da agenda
comum na luta pela terra, superando a fragmentação que permite ao governo
federal ignorar sistematicamente demandas legítimas desta base social; social,
no sentido da autodefesa contra as ameaças concretas de destruição social,
cultural e física dos campesinatos brasileiros; histórica, no sentido de evocar
e homenagear o meio século decorrido desde o I Congresso Camponês, de caráter
nacional, ocorrido em Belo Horizonte, em 1961.

Rombo nos Transportes motivou pacotaço de Dilma

– Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 07:57

Sabe-se agora que o escândalo recente envolvendo o Ministério dos Transportes também pesou na decisão da presidente Dilma Rousseff em lançar o pacote de concessões para rodovias e ferrovias, informe Gerson Camarotti no seu blog.
No seu discurso nesta quarta-feira, Dilma só citou os argumentos econômicos para defender o pacote. O discurso oficial do governo é de que em momento de crise financeira internacional é preciso buscar recursos para infraestrutura junto à iniciativa privada. Mas, segundo um auxiliar direto da presidente Dilma, que participou da elaboração do pacote, havia uma constatação no núcleo do governo de que a gestão no setor de transportes entrou em colapso.
Por isso, era preciso um novo modelo para voltar a investir em rodovias e ferrovias. Desde que a cúpula do Ministério dos Transportes caiu no ano passado, depois de denúncias de irregularidades, o Palácio do Planalto procurava uma solução para voltar a investir no setor. A avaliação interna é que o modelo de concessões deve evitar desvio de recursos públicos.

Candidatos são expulsos de evento em Acari

– Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 01:49

Um fato curioso aconteceu na cidade de Acari na última quinta-feira (16). Durante a realização de uma assembleia em Gargalheiras mediada pelo Superintendente Federal do Ministério da Pesca, Abraão Júnior, o candidato a vice-prefeito da coligação Unidos Pelo Bem de Acari, Marcelo de Manduca (PT), e os candidatos a vereador Adonias Bezerra (PSD), Zuil Ribeiro (PR) e Leonardo Ferreira (PR) foram convidados a se retirar do evento pelos organizadores.
Eles alegaram que por não se tratar de um “evento político”, as presenças de candidatos não eram bem-vindas. O anúncio causou constrangimento, mas os quatro tiveram que deixar o local por livre e espontânea pressão.
“Isso é o que dá fazer politicagem onde não pode”, disse um dos pescadores presentes.

Rosalba tenta se aproximar de Dilma para salvar o governo, diz colunista

– Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 01:18

Deu em Cláudio Humberto:
Senador Agripino Maia (DEM-RN) divulgou nota negando negociação para a transferência da governadora Rosalba Ciarlini para o PTB. Ela tenta se aproximar do Planalto e salvar o governo potiguar.

Henrique Alves: “O tempo dirá quem vai assumir a carapuça dessa deslealdade”

– Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 19:05

O deputado federal Henrique Eduardo Alves, líder do PMDB na Câmara dos Deputados e presidente da legenda no Rio Grande do Norte, afirmou ser um fato grave a destituição do deputado estadual Ezequiel Ferreira de Souza da presidência estadual do PTB. Segundo ele, “foi um desrespeito de um cidadão que não é Norte-rio-grandense e que agrediu a classe política do RN”, afirmou o parlamentar, em relação ao secretário Benito Gama.
Em entrevista ao Jornal de Hoje, Henrique Alves comentou: “Sei que é uma questão interna do PTB, mas esse episódio extrapolou essas fronteiras quando se impõe ao tradicional PTB do Brasil e do nosso Estado uma presidência de um sujeito da Bahia que ninguém sabe quem é, e nem a que veio, em detrimento de uma liderança tradicional e respeitada como o deputado Ezequiel. O tempo dirá quem vai assumir a carapuça dessa deslealdade com o deputado Ezequiel e com o legítimo PTB do Rio Grande do Norte”, declarou Henrique.
Onde ele esta, vou pegar  
Um Candidato com depressão é capaz de ? 

Pra Inicio de Conversa: 17/08/2012
01-. Assombração: Agora Pouco chega a
informação que parecia mais uma Assombração dizendo que um Carro de Som dos
Bacuraus foi preso, ora, ora, o Carro foi levado a Delegacia porque estava
parado fazendo barulho em via pública e a recomendação do Juiz Eleitoral da
Comarca é bem claro, o Comandante só esta cumprindo a Ordem Pública e é assim
mesmo tem que pegar pra valer porque se não vira casa de mãe Joana e vocês
não querem não é mesmo Rapaziada. No cumprimento da Ordem, valeu.   
02-. Coisa mais seria estão deixadas de
lado
: Um Período de Campanha Eleitoral é mesmo uma merda e os ouvidos da
gente vira Pinico em ter que ouvir tal Musica de Campanha uns tocando musicas
pros outros as musicas mais fuleira já ouvida ate hoje, isso não leva a nada
não ganha Voto não tira voto e nem conquista voto, é um verdadeiro deboxe. Sejam
mais criativos OK   
03-. Agora bagunça mesmo: Os Ministros do
Tribunal Superior Eleitoral julgando um recurso eleitoral de uma Cidade do Piauí,
que pretendia impugnar o mandato de um Prefeito(a) por ele ter abastecido os
carros dos partidários na época das Passeatas e Carreatas, o Egrégio Tribunal
entendeu que abastecer os Carros e Motos dos Partidários não é compra de Voto,
sendo assim vai virar Casa de Mãe Joana e se o Recurso para pagar as despesas
de Petróleo for proveniente dos Cofres Públicos. Esse Pais não presta mesmo,
ou casa veia sem futuro.      
04-. Remédio na Farmácia Básica do Posto de
Saúde de São Francisco do Oeste, alguém sabe dizer se chegou medicamento para
pressão alta, Insulina, remédio pra febre entre outros que estava em falta ou
continua do mesmo jeito sem nada e a rapaziada fazendo discurso demagogo. A lugar
pra ter gente burra meu Deus, vamos reagir pessoal, grave, fotografe filme as
senas e conversas quando for ate lar no posto e não tiver o básico que é
obrigado ter seja lar de onde for. Se não reagir fica pior gente, reaja.     
05-. Plantão Policial na Quebrada velha de
Guerra nas Ultimas 24 horas
: a Quebrada aprece tranquila sem alterações arruaças
ou contenda, o Comandante esta na área observando a movimentação e ate já levou
um Carro de Som ate a Delegacia, mais o carro foi liberado e se encontra a serviço
da campanha da oposição, vamos cumprir a determinação da Justiça Moçada. É bem
mais aconselhável   
06-. Ontem a Noite grande partes da Cidade/Quebrada
Velha de Guerra estava as Escuras parecia Breu, o que danado aconteceu ei
gente, teve algum relâmpago forte ou Aníbal tomou posso novamente. Brincadeira
ta
Vou indo e volto amanha se Deus permitir,
lembro que a família esta de olho e ouvidos bem abertos O K Mane da Vaca  

Distribuição de combustível para carreata não é compra de votos

 Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 18:16

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitaram, por unanimidade de votos, dois recursos especiais eleitorais apresentados por Maria Jozeneide Fernandes Lima, candidata que ficou em segundo lugar no pleito municipal de 2008 na cidade de Guadalupe-PI, que buscava a impugnação do mandato eletivo da chapa eleita – Wallen Rodrigues Mousinho (prefeito) e Francineth Lima da Costa (vice-prefeita).
Relator do recurso, o ministro Marco Aurélio manteve a decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), segundo a qual a distribuição de combustível a cabos eleitorais para que possam participar de carreata não configura compra de votos.
“Consignou-se que, objetivando a feitura de carreata, realmente ocorrera a entrega gratuita de combustível à razão de dois litros para moto e cinco litros para carro, ou seja, ninguém teve o tanque completo. Conforme fez ver o regional, os pronunciamentos do Tribunal são no sentido de ‘em se tratando de distribuição limitada de combustíveis para viabilizar carreata descabe cogitar da figura do artigo 41-A da Lei nº 9.504/1997′.

Limite de crédito aumenta para 17 estados

Montante passa a ser de R$ 42,2 bilhões
Na revisão do Programa de Ajuste Fiscal (PAF) de 2012 pelo Ministério da Fazenda, 17 estados tiveram aumento do limite para contratar operações de crédito, no montante de R$ 42,2 bilhões (veja tabela). Os recursos deverão ser utilizados para investimentos em infraestrutura, saneamento ambiental, habitação, transporte e mobilidade urbana. 
De acordo com o ministro Guido Mantega, a liberação dos recursos se dá em função da solidez fiscal dos estados e permite ampliar a participação estatal na economia, num momento de retração do investimento privado provocado pela crise internacional. “O setor privado fica intimidado em função da situação externa. Observamos uma retração ou uma moderação do investimento e, neste momento, o setor público faz movimentos contracíclicos”, disse o ministro ao anunciar a ampliação do limite de crédito, nessa quinta-feira (16), durante audiência que contou com a presença de 16 governadores dos estados contemplados (exceto o do Ceará).
De acordo com o Ministério da Fazenda, o Brasil está criando uma grande carteira de investimento de longo prazo. Nos últimos três anos, foram liberados R$ 120 bilhões de espaço fiscal para os estados. Estão em fase da avaliação as revisões do PAF de Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, que deverão ser os próximos estados a terem o espaço fiscal ampliado.
Crescimento – Na avaliação da Fazenda, as ações do governo federal e dos estados permitirá que o Brasil tenha taxas de crescimento de 5%. “A atividade dá sinais de retomada e isso implica em recuperação da arrecadação. Vamos terminar o ano com crescimento de 4% e 2013 caminha para velocidade de cruzeiro”. 
Seguro garantia fica isento de IOF
As operações de seguro garantia terão a alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) reduzida de 7,38% para zero, de acordo com o Decreto 7.787, publicado no Diário Oficial da União dessa quinta-feira (16). A medida, que entra em vigor em 90 dias, vai reduzir os custos dos projetos de infraestrutura no País.
A redução do IOF no seguro garantia ocorre um dia após o lançamento do Programa de Investimento em Logística – Rodovias e Ferrovias, que prevê investimentos privados de R$ 133 bilhões nos próximos 25 anos, dos quais cerca R$ 80 bilhões deverão ser desembolsados nos próximos cinco anos. O programa transfere à iniciativa privada 7,5 mil quilômetros de rodovias, com novas regras para o início da cobrança de pedágio, e a construção ou modernização de 10 mil km de linhas ferroviárias – a malha tem hoje 28 mil km.
Projetos – Conforme a Secretaria de Política Econômica (SPE), os projetos de infraestrutura têm uma série de seguros que podem ser contratados direta ou indiretamente pela cadeia produtiva, desde a fase de licitação, concessão, risco de engenharia até a construção das obras.
No caso da licitação, por exemplo, o seguro garantia pode ser equivalente a até 20% do valor do projeto, dependendo da complexidade da obra. Até agora, é cobrado 7,38% de IOF sobre o valor de cada apólice emitida. Ou seja, para uma apólice de R$ 10 milhões, por exemplo, a seguradora, que recolhe o imposto, cobra R$ 738 mil da empresa contratante. 
Com a edição do Decreto, dentro de 90 dias a cobrança será somente sobre o valor da apólice, reduzindo o custo para as seguradoras que poderão cobrar um prêmio menor dos investidores na contratação do seguro garantia.
Segundo cálculos da Secretaria de Política Econômica, tomando-se como base os prêmios pagos em 2011, a renúncia fiscal com o IOF zerado nas operações de seguro deverá ser em torno de R$ 60 milhões por ano. A SPE esclarece que o seguro garantia costuma ser menos oneroso para o cliente do que a fiança bancária, apesar de a fiança não pagar IOF. Quando uma empresa solicita um aval ou fiança, o banco considera a operação como crédito tomado. Por isso, é preferível contratar o seguro garantia e manter a linha de crédito no banco intacto.


ESTA CENA ME PREOCUPA E VOCÊ O QUE DIZ

Rio Acre atinge níveis cada vez mais extremos na seca e na cheia

17/08/2012 – 16h25
Marcos Chagas

Enviado especial da Agência Brasil


Rio Branco – Estudos hidrológicos feitos por técnicos da Secretaria de Meio Ambiente do Acre (Sema) em parceria com a Agência Nacional de Água (ANA) demonstram que o Rio Acre tem apresentado níveis cada vez mais extremos, tanto nas enchentes quanto nas secas. Em 2011, o rio atingiu uma lâmina d’água de 1,5 metro, a segunda pior em 40 anos. A tendência é que a seca deste ano, que vai de agosto a outubro, a situação seja ainda pior.
A assessora técnica e engenheira florestal da Sema, Vera Reis, disse que as medições do nível do rio chegaram a 2,05 metros no início da estiagem. “Até meados de setembro, a tendência é que ele continue baixando”, acrescentou.
Segundo a técnica, os estudos apontam que as “alterações extremas” do Rio Acre são causadas pelo desmatamento, por ocupações irregulares, pelas queimadas e pela expansão das estradas. No período de estiagem, o rio é abastecido por lençóis freáticos que ficam comprometidos por essas ações.
“Nesta fase temos problemas de desabastecimento fortíssimo”, ressaltou Vera Reis. “Todas essas ações predatórias, além de outras, comprometem a vazão do Rio Acre ajudando na provocação de cheias que atingem boa parte da capital acriana”, disse.
Outro problema é a pouca informação sobre o comportamento hidrológico do rio. Em 2011, por exemplo, os técnicos da Sema consideravam que não haveria estiagem forte devido o longo período de cheia do rio, com fase crítica em abril. “Em 11 de setembro, tivemos a maior seca dos últimos 40 anos”, contou Vera Reis.
Em janeiro de 2012, o alagamento atingiu 17,6 metros, enquanto que o nível médio é 7,5 metros. O estado de alerta, segundo a técnica, é dado quando o nível do rio atinge 13,5 metros, momento em que água começa a entrar e alagar casas de moradores em bairros ribeirinhos.
Para melhorar a avaliação preventiva de cheias e secas, foi montada uma Unidade de Situação na Universidade Federal do Acre. Em parceria com a ANA, a unidade deve iniciar o funcionamento a partir deste ano, estima a técnica.
“Esta unidade moderniza nossa rede de hidrometeorologia que recebe informações sobre ocorrências de chuvas, níveis do rio e quando elas atingirão as cidades”, disse Vera Reis. O monitoramento permitirá aos bombeiros e à Defesa Civil adotar medidas preventivas capazes de minimizar as consequências das enchentes.
Estão sendo tomadas também medidas de conservação e preservação do Rio Acre. Entre elas, a recuperação de nascentes e plantio de mudas frutíferas em habitações ribeirinhas. A técnica informou que já foram plantadas 3 milhões de mudas para a recuperação de matas ciliares e nascentes do rio.
A falta de saneamento básico em bairros na beira do rio, como o Taquari na capital Rio Branco, é outro desafio a ser enfrentado. Ao visitar o bairro, a reportagem da Agência Brasil constatou derramamento de esgoto não tratado nas margens do rio. Os moradores não têm água potável, nem rede de esgoto.
Dada a forte estiagem em alguns pontos, é possível atravessar a pé o rio de uma margem à outra. A dona de casa e moradora do Taquari, Maria das Dores de Santana, 67 anos, reconhece que, apesar da poluição, usa a água do rio para cozinhar.
“Às vezes, eu uso a água do rio para cozinhar. Eu trato, coloco hipoclorito e uso. Graças a Deus até hoje não deu problema de saúde”, contou a moradora, que no período das cheias foi obrigada a deixar a casa onde vive. Para beber, ela disse que a filha compra galões de água potável.

Antônio Ferreira de Oliveira, pedreiro, 35 anos, também mora no bairro. Porém, pagou cerca de R$ 400 para construir um poço, chamado de cacimbão. Ribeirinho desde que nasceu, Antônio reconhece que “antigamente” o comportamento do rio nos períodos de chuvas e de estiagem não era tão severo.
“Ninguém sabe o que está acontecendo, o clima tá muito quente, amigo”, disse Antônio. O vizinho dele, Raimundo Lima Rebouças, 67 anos, teme que seu poço fique seco em um mês por causa do agravamento da seca. Diante da falta de água, o auxiliar de portaria de uma escola pública disse que compra 500 litros do caminhão-pipa.  A quantidade dá para beber, cozinhar, tomar banho e lavar roupa durante quatro ou cinco dias.
A cada compra, Raimundo Lima desembolsa R$10. Para quem tem caixa d’água com capacidade de mil litros, o custo dobra – o que movimenta uma verdadeira indústria de caminhões-pipa que vendem água nas comunidades pobres.
Edição: Carolina Pimentel

Lula deseja que o STF prenda e condene o chefe que comandava o mensalão

– Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 17:55

Deu no G17:
Lula está irritadíssimo com o caso do mensalão. Para ele, nunca na história deste país se viu tanta corrupção roendo o dinheiro publico. Lula também deseja que o chefe do mensalão seja preso, condenado e se possível massacrado, para dar exemplo e fazer com que a corrupção diminua ou acabe de uma vez por todas.
Ainda segundo Lula, o mensalão colocou em descrédito toda a classe política brasileira que controla o governo. “O STF precisa punir o chefe que comandou todo esse ato de corrupção chamado de mensalão”, disse Lula.
Do blogue: E Lula quer José Dirceu na cadeia?

A LEI VAI PREVALECER EM 2012

17
ago

TRE decide: Ficha Limpa segue TSE e STF e retroage a atos anteriores à criação da lei


Do Blog de Thaisa Galvão 


O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral definiu agora há pouco: no Rio Grande do Norte, acompanhando o entendimento do TSE e do STF, a lei da Ficha Limpa será aplicada com efeito retroativo à data de criação da lei, em 2010.
Na sessão de quarta-feira, o placar terminou em 3 X 3.
Os juízes eleirorais Jaílson Leandro, Nilson Cavalcante e Gustavo Smith, entenderam que a lei retroage a atos anteriores à lei de 2010.
Já os juízes Verlano Medeiros, Ricardo Procópio e Saraiva Sobrinho, votaram pela validade da lei a partir de 2012.
Hoje teria apenas o voto de desempate do desembargador Vivaldo Pinheiro, mas o juiz Ricardo Procópio decidiu se pronunciar e mudar seu entendimento. Os dois votaram pela retroatividade.
Resultado: placar de 5 X 2 pela retroatividade da lei.
E muito rivotril sendo vendido nas farmácias de Natal e do interior.
Comentário do blog o cobra: Ate que em fim um ato do Rio Grande do Norte vai fazer muita gente tremer na base e aja Remédio para pressão, dor de Barriga, enjoo entre outras fadigas. Ate que em fim 

FETARN
FETARN – Federação dos
Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte – 
sexta-feira, 17
de agosto de 2012
Reunião da comissão estadual
da juventude rural do RN Discute a Plenária Nacional
A FETARN, através da
secretaria de juventude rural realizou nos dias 16 e 17 na sede da instituição
uma reunião extraordinária para discutir, dentre outros assuntos, as plenárias
de juventude estadual e municipal; além da entrega dos kits esportivos para os
representantes da comissão.
O evento contou também com a
presença da Secretária de Juventude Nacional Elenice Anastácio que parabenizou
a atuação da comissão de juventude norte riograndense pelo empenho e trabalho
junto ao MSTTR deste estado.
Postado Por: Paulo José –
Assessoria da FETARN
Nenhum comentário:   Links para esta postagem

TOMANDO UMAS A MAIS

Vamos pra casa dona Mim, a senhora Beba uma hora dessa nas Quebradas.   

Cuidado! Eleitor(a) muda de cara muito ligeiro, viu?

 Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 15:21

CHARGE DE SINFRONIO NO DIÁRIO DO NORDESTE CEARA

AGENDA DOS CANDIDATOS HOJE 17/08/2012

ANCHIETA RAULINO E LUSIMAR
PORFÍRIO
Nesta sexta-feira, 17 de
agosto de 2012, os candidatos da coligação “Liberdade, Trabalho e União”,
Anchieta e Lusimar, começam as visitas no bairro Vila Nova durante toda a tarde
e a noite se concentram no Comitê Itinerante 15 na rua José Clemente de
Oliveira, próximo a casa da amiga Rosa de Desito Barreto.  É São Francisco do Oeste em boas mãos!!! É
Anchieta Raulino e Lusimar Porfírio.

Distribuição de combustível para carreata não é compra de votos

– Publicado por Robson Pires, na categoria Notas às 10:52

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitaram, por unanimidade de votos, dois Recursos Especiais Eleitorais apresentados por Maria Jozeneide Fernandes Lima, candidata que ficou em segundo lugar no pleito municipal de 2008 na cidade de Guadalupe-PI, que buscava a impugnação do mandato eletivo da chapa eleita – Wallen Rodrigues Mousinho (prefeito) e Francineth Lima da Costa (vice-prefeita). Relator do recurso, o ministro Marco Aurélio manteve a decisão regional segundo a qual a distribuição de combustível a cabos eleitorais para que possam participar de carreata não configura compra de votos.
“Consignou-se que, objetivando a feitura de carreata, realmente ocorrera a entrega gratuita de combustível à razão de dois litros para moto e cinco litros para carro, ou seja, ninguém teve o tanque completo. Conforme fez ver o Regional, os pronunciamentos do Tribunal são no sentido de ‘em se tratando de distribuição limitada de combustíveis para viabilizar carreata descabe cogitar da figura do artigo 41-A da Lei 9.504/97′. O TRE-PI apontou o gasto total como sendo de R$ 5.600,00, contabilizado na prestação de contas entregue à Justiça Eleitoral e por esta aprovada”, enfatizou o ministro Marco Aurélio.
A defesa da candidata derrotada argumentou, sem sucesso, que numa cidade de apenas 10 mil habitantes, a diferença entre o candidato eleito e sua cliente foi de apenas 124 votos. Segundo ele, foram distribuídos 2,9 mil litros de combustível no dia 30 de setembro de 2008, com o abastecimento total de 438 veículos. A defesa do prefeito eleito argumentou, por sua vez, que testemunhas arroladas pela própria recorrente (Maria Jozeneide) não confirmam que o combustível foi distribuído mediante pedido expresso de votos, o que afasta a tese de que teria havido captação ilícita de sufrágio. Além disso, sustentou o advogado da chapa eleita, não se pode falar em abuso de poder econômico tendo em vvista a pequena quantidade de combustível distribuída, se esgotou no percurso da carreata.

MANDOU CB PM ROSANO REGO

Aviso
O Comandante fará
pronunciamento na Rádio
Hoje (17) a partir das 17h,
o Comandante do Destacamento de São Francisco do Oeste, fará um pronunciamento
na rádio Metamorfose FM, a cerca das novas medidas adotas pela Justiça
Eleitoral para o período de campanha.
No Município onde apaga tudo a temperatura esta amena e são 08:07 do dia 17/08/2012, ou lugarzinho sem sorte Zé da Bica