Materia da pagina da CONTAG

SINDICALISMO É PARTE DO DESENVOLVIMENTO NACIONAL, APONTA PRESIDENTE DO IPEA
30/03/2011

Em análise de conjuntura, Márcio Pochmann apresenta situação atual do sindicalismo no Brasil para o conselho deliberativo da Contag
 A exposição aconteceu hoje (30), antes do início dos trabalhos da reunião do conselho deliberativo. A apresentação do presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Márcio Pochmann, prendeu a atenção do plenário com dados e informações sobre o movimento sindical brasileiro.
O pesquisador apresentou dados que fizeram os sindicalistas repensarem a prática sindical. Pochmann fez uma retrospectiva da ação do sindicalismo na história recente do Brasil e disse que na década de 90 o País perdeu muitos sindicalizados que atuavam fortemente na década de 80. “Fruto do predomínio do neoliberalismo e da desconstrução de políticas públicas”, diz.
O economista do Ipea também disse que o que o Brasil é hoje e o que será no futuro depende dos movimentos sociais e dos sindicatos. Na análise dele, não há avanços, conquistas nem desenvolvimento sem luta, e o “sindicalismo sabe fazer isso muito bem, vocês são parte do desenvolvimento nacional”, considera.
Márcio Pochmann também ressaltou a importância da informação e da formação para a qualificação das ações, dos diálogos e das negociações do movimento sindical. “Não podemos abandonar essa perspectiva de aprendizagem”, afirma.
Ao longo de mais de 500 anos de história, apenas há 26 anos foi estabelecida a democracia no País, e, embora seja mais representativa do que participativa, o Brasil tem estruturas organizações fortes, como é o caso dos sindicatos. O pesquisador também fez uma provocação, “o sindicalismo precisa se posicionar mais diante das questões impostas pelos mais diversos setores, manter a luta e se firmar como representantes de uma parcela da população que em sua maioria não tem voz”, questionou.
Finalizando, Márcio Pochmann disse que o Brasil está vivendo um momento singular de construção de outra maioria política, que tem compromisso com a democracia. “E os sindicatos são elementos chave da democracia”, conclui.
A recepção do plenário e da executiva da Contag foi muito boa, tanto que a saudação do presidente da Contag para os presentes após a apresentação do presidente do Ipea foi “acorda, Brasil”, como um chamamento de motivação para a continuação da luta do MSTTR.
Alguns questionamentos do plenário foram respondidos por Márcio Pochmann em um debate. Logo após teve início a primeira reunião do Conselho Deliberativo da Contag de 2011.
Fonte: Agência Contag de Notícias – Suzana Campos

Charge de Sinfrõnio no Diario do Nordeste Ceara, alterada por Cobra

Esta mala de riba não é minha não, é do meu puxa? Que ficou lar fora Casando de ?   

Experiências do Tempo de Chumbo, 1964 a 1981

INFORMATIVO O COBRA -2011
01/04/2011. Experiências do Tempo de Chumbo, 1964 a 1981 podemos dizer assim. Naquela Época não era permitido opinar, falar, dizer não ou dizer sim sem a permissão dos ditadores de plantão e uma opinião às vezes podia nos custar a Cabeça e quando menos muita tortura nos porões do Exercito, Marinha, Aeronáutica e outras Cavernas Terríveis criadas exclusivamente para oprimir. Passamos-nos por este período de angustia e não foi nada agradável, lembro quando cheguei a São Paulo em Junho de 1970 no Bairro do Braz na Rua São Caetano indo morar na Travessa João Jacinto com a Rua São Caetano e fui logo avisado por alguns Conterrâneos, aqui só se pode andar nas Ruas com Documentos e Carteira assinada provando que Trabalha em uma firma, é crime ficar falando com muita gente ao mesmo tempo numa esquina, Bares e outros lugares Públicos e se os federais pegarem será levado ao Dops e lar só Deus tem piedade dos que forem presos, foi terrível ficar encurralado, amordaçado, ameaçado ate o final do Regime Militar com a Anistia Política que não é tão plena porque ainda hoje tem algumas raízes da Ditadura ou pelo menos alguém ainda pensa no tal Regime e às vezes tenta impor aos libertados um toque Ditatorial, não faça, não diga, não reclame, peça licença pra dizer, peça a mim ou faça se eu mandar ou permitir e engula calado. Ainda restam alguns ditames do Período da opressão. Pelo menos é nossa opinião                      

Plantão no posto de saúde hoje 01/04/2011

INFORMATIVO O COBRA -2011
01/04/2011. Plantão no Posto de Saúde da Líbia Oestana. Não soubemos se houve maiores alterações, parece normal e o povão já está se acostumando com a nova administração que a meu ver é boa do ponto de vista da organização cada um no seu lugar, se tem algumas falhas isto é normal quando se inicia uma labuta. Sigam em gente gestores    

Materia da pagina da CONTAG

DILMA RECEBE PAUTA DO GRITO DA TERRA BRASIL
01/04/2011

Documento decorre do primeiro Conselho Deliberativo encerrado pelas lideranças da Contag na manhã de hoje
 Nesta sexta-feira, às 15h, a direção da Contag entrega à presidente Dilma Rousseff a pauta de reivindicações do Grito da Terra Brasil 2011, que ocorre de 16 a 20 de maio. Com 200 pontos, o documento está organizado em nove eixos que preveem ações emergenciais de combate à pobreza rural e à desigualdade de gênero e de fomento à geração de renda e à sustentabilidade econômica, social e ambiental.
 O documento decorre das deliberações que a diretoria executiva da Contag e as lideranças sindicais dos estados tomaram no primeiro Conselho Deliberativo deste ano, encerrado na manhã desta sexta-feira (1º/4). Ao longo de três dias, os trabalhadores e as trabalhadoras rurais debateram temas de interesse da classe e definiram itens importantes para o calendário do ano como a pauta do Grito da Terra Brasil, Marcha das Margaridas e Plenária Nacional.
 O último dia foi reservado às apresentações das ações das 13 secretarias da Contag aos presentes. Assuntos como as mudanças do Código Florestal, habitação rural, crédito agrícola, ações de formação e organização sindical e integração da agricultura familiar no âmbito do Mercosul fizeram parte das explanações dos diretores, sob a condução do presidente da Contag, Alberto Broch.
 “Agradeço por esses dias de produtividade, pois retiramos daqui pautas importantes como as estratégias para o GTB, aprovamos a metodologia de regimento da nossa plenária, tivemos um encaminhamento e debate político caloroso e importante sobre o Código Florestal. Então, queria valorizar a forma como este conselho se manifestou nossa principais demandas”, avaliou o presidente da Contag, Alberto Broch.
 Fonte: Agência Contag de Notícias – Danielle Santos

Materia do Blog Nossoparana

SEXTA-FEIRA, 1 DE ABRIL DE 2011

Dois apenados fogem do CDP em Pau dos Ferros/RN

Na madrugada de hoje(01), por volta de 01 h e 30 min., os apenados Jaciguara Ferreira de Lima(foto), conhecido por Bebé de Biré e Eronildo Diniz da Silva, fugiram do Centro de Detenção Provisória(CDP), de Pau dos Ferros/RN; segundo informes os fugitivos, serraram as grades da Cela 01 e em seguida outra grade do portão de entrada e pularam o muro, saindo com destino ignorado, outro detento da cela 02 já havia começado a serrar a grade, mas os agentes conseguiram evitar uma fuga em massa, escapando apenas dois, Eronildo responde a pequenos furtos e Jaciguara matou uma mulher no Bairro Manuel Deodato em agosto do ano passado, confira AQUI.

Policiais Militares e civis realizaram diligencias não conseguiram localizar os fugitivos,qualquer informação do paradeiro dos fugitivos é só ligar 84 3351 2729(PM); 84 3351 9650(civil) ou 190.

Sertão da Libía RN

31.03.2011 – 17h45
Corte nega provimento a recurso de Umarizal


O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, em sessão realizada na tarde desta quinta-feira (31), conheceu e negou provimento ao recurso eleitoral n.º 32529-80.2008, proveniente de Umarizal, interposto pela coligação “Respeito pelo povo”, em face do prefeito e vice-perfeito do município, José Rogério de Souza Fonseca e Carlindson Onofre Pereira de Melo, respectivamente, eleitos no pleito de 2008. O Processo em referencia não tem diferença alguma do processo da Quebrada Velha no Sertão da Líbia/RN   

CONTAG ENTREGA A DILMA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DO GRITO DA TERRA 2011 01/04/2011

CONTAG ENTREGA A DILMA PAUTA DE REIVINDICAÇÕES DO GRITO DA TERRA 2011


01/04/2011
Nesta sexta-feira, dia 1/4, às 15h a direção da Contag entrega à presidente Dilma Rousseff a pauta de reivindicações do Grito da Terra Brasil 2011, que acontece de 16 a 20 de maio. Com 200 pontos, o documento está organizado em nove eixos que preveem ações emergenciais de combate à pobreza rural e à desigualdade de gênero e de fomento à geração de renda e à sustentabilidade econômica, social e ambiental.
“Estamos convencidos de que o combate à pobreza passa prioritariamente pelo campo, pela reforma agrária e pelo fortalecimento da agricultura como principal mantenedora da segurança e da soberania alimentar”, destaca o presidente da Contag, Alberto Broch.
O dirigente ressalta ainda que a entrega do documento à presidente representa a continuidade de um processo de diálogo iniciado no governo do ex-presidente Lula com o Movimento Sindical dos Trabalhadores Rurais (MSTTR), do qual eles esperam sequência na atual gestão de Dilma.
Histórico – O Grito da Terra Brasil (GTB) é o principal evento da agenda do movimento sindical do campo, reúne anualmente milhares de trabalhadores rurais de todo o País em Brasília. O GTB é uma mobilização promovida pela Contag e apoiada pelas Federações dos Trabalhadores na Agricultura (Fetags) e pelos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais (STTRs) e possui um caráter reivindicatório. É por essa razão que a manifestação pode ser considerada como uma espécie de data-base dos agricultores familiares, dos trabalhadores sem-terra e dos assalariados e das assalariadas rurais brasileiras.
O primeiro Grito da Terra Brasil foi organizado em 1995 e teve como saldo imediato a criação de uma linha de crédito no valor de R$ 1,5 milhão para a agricultura familiar. Desde então as Fetags também promovem os Gritos da Terra Estaduais, que negociam com os governos locais a pauta de reivindicações da categoria.
Ao longo dessa história, as 16 edições anteriores do GTB renderam importantes conquistas para os trabalhadores rurais, como a criação e o aumento sucessivo dos recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf); a desapropriação de áreas que já beneficiaram mais de centenas de milhares de famílias; a concessão de benefícios previdenciários rurais represados no INSS e a melhoria das condições de trabalho dos assalariados rurais.
A pauta do GTB é ampla e reúne reivindicações relativas à política agrícola (assistência técnica, crédito), à reforma agrária (desapropriação de terras e criação e manutenção de assentamentos), às questões salariais (cumprimento e ampliação das leis trabalhistas) e às políticas sociais (saúde, previdência, educação e assistência social). A mobilização também defende os interesses das mulheres trabalhadoras rurais, da juventude rural e da população idosa do campo.
A manifestação se transformou em instrumento de fundamental importância para a implementação do Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS), desde sua formulação e após sua aprovação, em 1998.
Mais informações: Erika Meneses, assessoria de imprensa da Contag, pelo telefone (61) 8141 7229.
Fonte: Agência Contag de Notícias

José Alencar deixa saudades aos Brasileiros Politizados

Alencar começou a trabalhar cedo e tornou-se empresário de sucesso aos 36 anos 


José Alencar nasceu em uma família pobre em um povoado perto de Muriaé, cidade situada a cerca de 300 quilômetros de Belo Horizonte, em 17 de outubro de 1931. Era um dos 14 filhos de Dolores Peres Gomes da Silva e Antônio Gomes da Silva. Começou a trabalhar aos sete anos, saiu de casa aos 15 e aos 36 já se tornara um empresário de sucesso. Era casado com Mariza Campos Gomes da Silva, com quem teve três filhos: Josué Christiano, Maria da Graça e Patrícia.
Alencar resistiu a 17 cirurgias e é considerado um símbolo da luta contra o câncer.
Elegeu-se senador por Minas Gerais pela primeira vez em 1998, com quase três milhões de votos. Em 2002, compôs a chapa do então candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva, elegendo-se vice-presidente para o período 2003-2006; sendo reeleito para o segundo mandato até 2010.
Iniciou a carreira empresarial aos 18 anos, quando abriu a lojinha “A Queimadeira”, em Caratinga (MG), pois iria vender barato para “queimar” os estoques de tecidos, calçados, chapéus, guarda-chuvas, sombrinhas e armarinho. Desde os 14 anos, já vinha acumulando experiência como balconista. Primeiro em Muriaé, onde ganhava 600 cruzeiros por mês. Depois, em Caratinga, para onde se mudou porque recebeu uma proposta de emprego melhor.
Depois de “A Queimadeira”, o ex-vice-presidente da República foi viajante comercial, atacadista de cereais, dono de fábrica de macarrão e atacadista de tecidos.
Como empresário, dedicou-se também às entidades de classe empresarial, tendo sido presidente da Associação Comercial de Ubá (MG), diretor da Associação Comercial de Minas, presidente do Sistema Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais e vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Ganhou dimensão nacional ao se associar, em 1967, ao empresário e deputado Luiz de Paula Ferreira. Naquele ano, entraram no negócio de beneficiamento de algodão com primeira fábrica da Companhia de Tecidos Norte de Minas (Coteminas), em Montes Claros (MG).
Um dos maiores grupos industriais têxteis do País, a Coteminas tem hoje uma unidade industrial na Argentina e outras 11 em quatro estados brasileiros: Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Paraíba e Santa Catarina. A empresa produz e distribui fios, tecidos, malhas, camisetas, meias, toalhas de banho e de rosto, roupões e lençóis. As mercadorias são vendidas no mercado interno, nos Estados Unidos, Europa e países do Mercosul. 

Plantão Policial na Quebrada Velha de Guerra

Plantão Policial nas Ultimas 24 horas na Quebrada Velha de Guerra

Por volta das 21:40h de ontem, a Polícia recebeu informação que o apenado Gabriel Germano de Oliveira, que encontra-se cumprindo pena no regime aberto,estava ingerindo bebida alcoólica em um bar no mercado público. A guarnição policial localizou Gabriel com fortes sinais de embriaguez alcoólica, tendo o mesmo sido detido e hoje encaminhado ao Presídio Regional de Pau dos Ferros/RN. Nas regras do regime aberto, o apenado tem que se recolher a sua residência às 18h e só sair às 6h do dia seguinte. O fato também foi comunicado ao Diretor da Vara Criminal de Pau dos Ferros/RN, e a Justiça deverá decretar regressão de regime para o apenado

Charge do Jornal o Mossoroense – RN, alterada por Cobra

Camarada Mosquito esta atacando em Mossoró e vem de Quebrada arriba bem perto do Sertão da Libia no Alto Silvestre do RN 

Charge de Sinfrõnio no Diario do Nordeste Ceara, alterada por Cobra


Os maiores Homens de confiança do Brasil estão ai ? 

Campanha de Solidariedade

INFORMATIVO O COBRA -2011
31/03/2011. Pedido de ajuda comunitária. Atenção para esse comunicado em que a sociedade será importante para realização de um grande feito.A senhora Francisquinha de Antonio marinho – sendo conhecedora da situação em que se encontra seu irmão Edmilson e Família na cidade de São Paulo/SP onde mora atualmente e, sabendo que ele esta hospitalizado com graves problemas de saúde e precisando de intervenção cirúrgica nos próximos dias, vem perante a Sociedade Oestana pedi uma ajuda de custo para enviar a seu irmão necessitado.   As colaborações pedem ser de qualquer tipo, desde alimentos ou em dinheiro. Aquele que desejar colaborar dirija-se a Igreja católica ou diretamente a casa de Fransquinha a Rua Alexandre Benedito, perto da Caixa D’água. Vamos participar desta campanha de solidariedade a um irmão. Fica o registro 

Plantão no posto de saúde hoje 31/03/2011

INFORMATIVO O COBRA -2011
31/03/2011. Plantão no Posto de Saúde. Parece que o plantão no posto de Saúde também foi normal, não tivemos informação se houve alguma Contenda, tem Motorista de Plantão, enfermeira, vigia e servente. Todo nos conformes Zé      

Plantão Policial na Quebrada Velha de Guerra

INFORMATIVO O COBRA -2011
31/03/2011. Plantão Policial na Quebrada velha de Guerra. Parece tranqüilo o Plantão Policial na Quebrada Velha, não recebi informação de arruaça ou alguma contenda dos Cachaceiros de Platão. Deus seja louvado amem diz o Padre da freguesia. Zé Carrapicho       

Carro dos estudantes com super lotação

INFORMATIVO O COBRA -2011
31/03/2011. Carro com super lotação. Informações me chegam que, o Ônibus da Prefeitura esta indo para Pau dos Ferros à noite com 52 passageiros, quando a capacidade do Ônibus é de apenas 31passageiro. Neste caso tem um excesso 21 pessoas, não seria mais acomodável que estes 21 fossem em outro Carro, esta lotação esta exagerada ou super exagerada. É sabido que Educação não tem preço e estes estudantes precisam de apoio logísticos claro, mais numa lotação desta é bem arriscado. Fica o recado          

Charge do Jornal o Mossoroense – RN, alterada por Cobra

Mamãe quero mamar nas tetas das Prefeituras, do Estado, da União e não quero ser condenado só porque desviei alguns milhões de reais que eram  destinado aos trouxas ?  

FÓRUM DA REFORMA AGRÁRIA DISCUTE GARGALOS COM MINISTRO AFONSO FLORENCE

FÓRUM DA REFORMA AGRÁRIA DISCUTE GARGALOS COM MINISTRO AFONSO FLORENCE


30/03/2011
Plano de assentamentos e reestruturação do Incra foram alguns dos pontos da pauta de reunião
A audiência que aconteceu hoje (30), entre os integrantes do Fórum Nacional da Reforma Agrária (FNRA), serviu para iniciar o diálogo entre as partes e também para a entrega de uma pauta para o MDA e INCRA. A pauta contém itens imprescindíveis para assegurar o avanço e a qualidade da reforma agrária no País, bem como o desenvolvimento das áreas de assentamento.
São 17 itens de reivindicação, dentre os quais destacam-se a recomposição do orçamento e liberação dos processos de desapropriação e aquisição de terras que estão paralisados no Incra nacional. Estão ainda a reivindicação de apoio às ações do FNRA sobre a emenda constitucional em análise no Congresso Nacional que limita o tamanho da propriedade da terra em 35 módulos fiscais.
O secretário de Política Agrária da Contag, Willian Clementino, disse que essa primeira reunião precede um amplo processo de diálogo e negociação com o MDA para a construção de um possível terceiro plano nacional de reforma agrária. O dirigente reivindicou ao ministro que o MDA se coloque no centro das discussões do combate à pobreza e ainda tocou no assunto do elevado nível de processos represados hoje no Incra.
“Outro ponto que precisa andar é a questão da atualização dos índices de produtividade que estão defasados em mais de 60 anos”, completou Clementino. O dirigente ainda citou que os pontos que se referem à reforma agrária e à agricultura familiar são indissociáveis de um projeto de desenvolvimento que respeite o meio ambiente, que gere renda e que é responsável por garantir a segurança e soberania alimentar do País.
O secretário executivo do FNRA, Gilberto Portes de Oliveira disse que o diálogo com o MDA também faz parte de um compromisso que a presidenta Dilma Rousseff firmou durante a campanha eleitoral para discutir as demandas do campo brasileiro.
O ministro Afonso Florence, ouviu as considerações dos representantes das entidades que compõem o Fórum, e disse que as ações do MDA estão em consonância com os mais diversos ministérios do Governo Federal. “Temos a compreensão que o desenvolvimento e o combate à pobreza passam pela reforma agrária e pelas políticas da agricultura familiar”, disse. Indagado sobre se o programa de combate à pobreza não vai dialogar com os movimentos sociais, Afonso Florence disse que o governo não abre mão desse diálogo e que também é nítido que muitos processos que tocam o desenvolvimento agrário “ainda precisam ser superados”, finaliza.
O recém-empossado presidente do Incra, Celso Lisboa de Lacerda, também acompanhou a reunião. Ficou encaminhado que sobre os pontos da pauta de reivindicação, serão marcadas agendas do Fórum com o Incra e com o MDA para dar encaminhamentos concretos.
Sobre o Fórum
O Fórum Nacional pela Reforma Agrária e Justiça no Campo (FNRA), é um espaço de articulação política, de caráter nacional, composto por 54 entidades e organizações – entre elas a Contag –  que atuam junto aos trabalhadores rurais sem terra, camponeses, agricultores (as) familiares, mulheres, jovens, comunidades tradicionais, indígenas, quilombolas e ribeirinhos. Todos lutam pela reforma agrária e pela construção de um projeto de desenvolvimento econômico e social que assegure a soberania territorial e alimentar, geração de emprego, trabalho, e vida digna com justiça social para todo o povo.
Uma das campanhas encabeçadas pelo FNRA é a campanha pelo limite da propriedade da terra. Para saber mais acesse: www.limitedaterra.org.br.
 Fonte: Agência Contag de Notícias – Suzana Campos

Resultado da Enquete sobre Radicalismo na administração municipal

Na administração do município, quem vocês acham mais radical com os adversários,

Aníbal
ou
Gildene
Anibal
  46 (74%)
Gildene
  12 (19%)
 Nem um dos dois
  4 (6%)
 Votos até o momento: 62
Enquete encerrada

Charge de Sinfrõnio no Diario do Nordeste Ceara, alterada por Cobra


Estou com as Bolas Murchas, mais vou tenta ser macho todo com os Latinos. Você vai se ! Veio L. ?