Passam de 290 mortes causadas pelos atentados em igrejas católicas e hotéis no Sri Lanka no Domingo de Páscoa

14

Pelo menos 290 pessoas morreram e cerca de 500 ficaram feridas neste domingo após uma série de explosões registradas em trêsigrejas e hotéis de luxo no Sri Lanka , onde a minoria cristã comemorava o Domingo de Páscoa. O governo decretou um toque de recolher por tempo indeterminado a partir das 18h no horário local (9h30m, em Brasília) e bloqueou a internet. Vinte e quatro pessoas foram presas por suposta ligação com os ataques.

Seis explosões ocorreram por volta das 8h45m (horário local), em três hotéis de luxo em Colombo — Cinnamon Grand, Kingsbury e Shangri-La  — e em três igrejas: a de Santo Antônio, em Colombo; a de São Sebastião, em Negombo; e a terceira em uma igreja de Batticaloa, no Leste da ilha. Horas depois, mais duas explosões ocorreram: um homem-bomba matou três policiais em um prédio em Orugodawatta, subúrbio da capital, e outro kamikaze se explodiu em uma casa de hóspedes. A polícia acredita que eles estavam fugindo após praticar os atentados ocorridos pela manhã.

Cerca de 21 horas após os atentados, peritos das Forças Armadas desativaram uma bomba caseira perto do aeroporto de Colombo, a capital do Sri Lanka.

Nenhum grupo extremista assumiu a autoria dos ataques, mas o ministro da Defesa, Ruwan Wijewardene, disse que os culpados foram identificados e eram extremistas religiosos. A polícia do país tinha feito há dez dias um alerta de terrorismo, a partir de uma informação de que poderia estar sendo preparado um ataque “com características jihadistas”.

O GLOBO

A Pointe Celular dispõe de um técnico especializado e certificado com selo ASTEC-RN, capacitado para sempre solucionar todos os problemas dos nossos clientes!
Entre em contato: (84) 9.8146-4720