Pau dos Ferros: MPRN recomenda adoção de policiamento comunitário ao delegado de Polícia do Município e ao comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar

14

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de  Pau dos Ferros, recomendou ao delegado de Polícia do Município e ao comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar que adotem providências para implementar efetivamente o policiamento comunitário na cidade.

A medida visa aproximar a população das polícias, apresentando estatísticas criminais, deficiências e sugestões para o aprimoramento dos trabalhos em prol da defesa social, prevenindo e coibindo as infrações de forma mais concreta e salutar.

Para emitir a recomendação, a unidade ministerial levou em consideração que o policiamento comunitário é de proximidade, tem caráter preventivo e também proativo. Um dos objetivos da modalidade é contribuir para o aumento do sentimento de segurança da população, para prevenir ocorrências criminais e para reduzir comportamentos antissociais.

O modelo inclui, portanto, a presença visível e ativa no território, além da participação em reuniões com a comunidade local e com os diversos parceiros, e ações de sensibilização nomeadamente junto de grupos mais vulneráveis, como as crianças, adolescentes, pessoas idosas, pessoas com deficiência e pessoas isoladas.

Considerando a inserção na comunidade e a premissa de que a população e a polícia devem trabalhar em conjunto a segurança pública, esse tipo de conexão permite o maior conhecimento dos problemas reais da população local, respondendo às suas necessidades e aproveitando os recursos existentes no território.

Veja mais detalhes da recomendação clicando aqui.

MPRN