PF contra PF

4

A PF, segundo a Veja, estava investigando Hélio Negão.

O fato teria motivado os ataques de Jair Bolsonaro a Sergio Moro e ao diretor-geral da PF, Maurício Valeixo.

Nesta segunda-feira, a Folha de S. Paulo deu outra versão para o episódio, dizendo que o “alvo do inquérito é, na verdade, um homem que já morreu, e não o deputado homônimo, amigo de Bolsonaro”.

A suspeita é que o nome de Hélio Negão tenha sido plantado – no inquérito e na imprensa – apenas para queimar o superintendente da PF no Rio de Janeiro.

O ANTAGONISTA

A Pointe Celular dispõe de um técnico especializado e certificado com selo ASTEC-RN, capacitado para sempre solucionar todos os problemas dos nossos clientes!
Entre em contato: (84) 9.8146-4720