Polícia Civil do RN diz que não há registro de sequestros de crianças e alerta para áudios em grupos de WhatsApp que abalam a tranquilidade social

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte esclarece que, em relação a áudios que estão circulando em grupos de aplicativos de celular, noticiando supostos sequestros de crianças, não houve registro, até o presente momento, de ocorrências dessa natureza. A instituição alerta sobre a importância de não compartilhar informações não confirmadas, que apenas abalam a tranquilidade social, e ressalta que tal conduta pode configurar infração penal prevista no artigo 41, da Lei de Contravenções Penais.

Caso sejam verificados sequestros e desaparecimentos de crianças, eles deverão ser registrados em uma das Unidades da Polícia Civil, para que possam ser investigados.

Natal (RN), 30 de outubro de 2020.

POLÍCIA CIVIL DO RIO GRANDE DO NORTE

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (SECOMS)