Policiais Penais cobram diárias atrasadas

Foto Ilustrativa: Reprodução

Os Policiais Penais do RN estão, novamente, com suas Diárias Operacionais em atraso. Em nova nota, além do pagamento, há o relato de falta de alimentação e também, segundo registro, sem água.

Confira a nota na íntegra:

Os Policiais Penais do Rio Grande do Norte mais uma vez estão com suas Diárias Operacionais em atraso. Até esta terça-feira, dia 21 de dezembro, o Estado não apresentou nenhuma perspectiva de quitar as DOs de novembro.

Além disso, também não há previsão de regularização do le card, que é o cartão de alimentação da categoria. Dessa forma, em algumas unidades, os Policiais Penais estão trabalhando sem alimentação e, inclusive, há registro até da falta de água.

“Apesar das nossas cobranças constantes, não tivemos nenhuma previsão, passando a ser humilhante essa situação. Estamos acompanhando o esforço da SEAP em fazer mídia positiva com o trabalho dos presos fora das unidades, mas para esse trabalho ser feito, vale lembrar, necessita-se dos Policiais Penais, que estão fazendo escolta externa e muitos por meio de Diárias Operacionais, já que não há efetivo suficiente. Por isso, cobramos que a SEAP e Seplan resolva essa situação”, afirma Vilma Batista.

A presidente do Sindppen-RN acrescenta: “Nossa maior preocupação, neste momento, deveria ser o reforço na segurança das unidades prisionais, e não a falta de alimentação, falta de efetivo e os pagamentos atrasados. Os Policiais Penais trabalham com efetivo reduzido, o que gera grande tensão, principalmente, nesta época do ano. Nós do sindicato cobramos várias vezes esse reforço na segurança, tanto à SEAP quanto ao Governo do Estado, mas ainda não obtivemos resposta”.