Por Allan Darlyson – Os dois lados da mesma moeda

A partir de hoje, estamos aqui no BLOG DO COBRA para trazer informação, análise e opinião para vocês. Hoje vamos falar sobre a guerra dos militantes de direita e esquerda. Boa leitura e espero que voltem sempre! 
 
Os dois lados da mesma moeda
 
Militantes de direita e de esquerda, neste cenário de polarização da política brasileira, se tornaram os dois lados da mesma moeda. 
 
Críticas
 
Ambos tratam a política como dogmas, se recusam a aceitar opiniões divergentes e ao verem críticas a representantes da sua corrente ideológica, buscam desqualificar a fonte. 
 
Percepção
 
Quem está de fora percebe cada peça desse jogo em que os militantes são piões e os governantes não são o que seus admiradores pensam. 
 
Contradições
 
Repentinamente, o “bolsa-farelo” virou a salvação da lavoura para o presidente Jair Bolsonaro (PSL), idolatrado pela direita. 
 
Hipocrisia
 
Já a esquerda, que tanto defende os mais pobres, vê o ex-presidente Lula (PT), maior representante da corrente, preso por corrupção. 
 
Ódio à imprensa
 
Nem um lado nem o outro vê os erros dos seus. O “diabo” está no outro. Ambos odeiam a imprensa independente, por mostrar falhas nas duas correntes. Só valorizam quem segue sua cartilha. Na maioria das vezes, panfletos ideológicos. 
 
Fla x Flu
 
Sempre opostos, irmãos siameses, os dois lados da mesma moeda perpetuam uma guerra eterna, como um Fla x Flu, sem perceberem que são tão parecidos um com outro.