Reflorestamento, educação ambiental e incentivo a agricultura familiar o Projeto Vale Sustentável começa a atuar na região

Pensando no bem do meio ambiente e no agricultor familiar o Projeto Vale Sustentável chega a região com plantio de esperança para dias melhores. O projeto será desenvolvido em 11 (onze) comunidades rurais e 5 (cinco) assentamentos de reforma agrária situados nos municípios de Assú, Alto do Rodrigues, Carnaubais e Guamaré, cujas delimitações territoriais estão inseridas nas Áreas Susceptíveis a Desertificação (ASD’s), do Estado do Rio Grande do Norte. Visando mitigar o processo de desertificação que vem afetando esse espaço, diversas entidades uniram esforços para implantação de um conjunto de ações que visam reverter o atual quadro de insustentabilidade ambiental presente nesses municípios, no período de 2021 a 2022.

Desse modo, a Associação Norte-Rio-Grandense de Engenheiros Agrônomos (ANEA) proponente do referido projeto e em parceria institucional com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), o Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Solidário de Guamaré, as Prefeituras Municipais de Assú, Alto do Rodrigues, Carnaubais e Guamaré e as Associações Comunitárias de Arenosa, Baixa do São Francisco,  Bom Lugar, Canto da Roça, Estreito, Gajé, Lagoa de Baixo, Umarizeiro, Mutambinha, Professor Maurício de Oliveira, Santa Maria III, Santa Paz, São José, São Lucas, Taboleiro Alto e Vila Nova, tem buscado através do patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, desenvolver nessas comunidades e assentamentos uma série de ações que visam a conservação do patrimônio ambiental, o desenvolvimento de práticas educacionais e o fortalecimento de atividades produtivas.

O Projeto Vale Sustentável, patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental tem como principal objetivo recuperar um total de 150 hectares de áreas degradadas, por meio do enriquecimento da cobertura florestal de reservas legais e APPs. Além disso, irá promover a formação de agentes ambientais, de coletores de sementes nativas do Bioma Caatinga e de alunos da rede pública de ensino para atuarem como multiplicadores de ações ambientais. Na área produtiva o projeto atuará no fortalecimento da agricultura familiar, através da implantação de quintais produtivos, hortas familiares e meliponários de abelhas nativas que buscarão garantir a segurança alimentar e nutricional das famílias beneficiárias.

O projeto é uma realização da @Anea, com o patrocínio da Petrobras por meio do programa Petrobras socioambiental.  

Para saber mais sobre o projeto acesse o site: http://projetovalesustentavel.com.br/ ou acompanhe as nossas redes sociais: @projetovalesustentavel.