“Se o número de mortes for alto, Bolsonaro vai cair em descrédito”

O deputado federal Capitão Augusto, líder da Comissão de Segurança Pública da Câmara, defendeu que Jair Bolsonaro busque a moderação para conter a crise da pandemia.

Ele disse ao Globo:

“A gente tem que orientar quando a pessoa está indo paro o lado errado. A primeira questão é a saúde e depois vem a economia”, afirmou.

“O vírus tem que ser levado com seriedade e não algo quase num tom de brincadeira. Se isso se agravar e for alto o número de mortes, ele (Bolsonaro) vai cair em descrédito e demonstrar imaturidade e falta de liderança.”