Soldado da PM suspeito de matar pedreiro é foi morto a pedradas na Grande Fortaleza

G1CE - O agente militar estava de folga quando aconteceu o crime.

Um soldado da polícia militar foi morto a pedradas por populares, na noite do último domingo (23), em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. O PM é suspeito de ter assassinado a tiros um pedreiro, na comunidade Mestre Antônio, no bairro Santa Fé, momentos antes de ser agredido pelos moradores.

De acordo com a polícia, o PM André da Silva Coelho, de 29 anos, que integrava o Batalhão de Policiamento Turístico (BPTUR) e estava de folga e à paisana, teria chegado em uma moto com outro homem e entrado em confronto com o pedreiro, Adalberto Viana Barbosa, de 27 anos. Adalberto estava armado, reagiu e conseguiu atingir o policial, que caiu da moto e tentou fugir a pé. A população consegui capturar e agredir o policial, que morreu no local.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), informou que o policial militar foi ferido e morto a pedradas, por pessoas ainda não identificadas. O terceiro envolvido na ocorrência fugiu também sem ser identificado e até a publicação desta matéria não havia sido preso. Um inquérito policial foi instaurado para apurar as circunstâncias e motivações dos crimes.

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Militar, o soldado tinha cinco anos de serviços prestados na Corporação à sociedade cearense.

A Polícia Militar disse lamentar “profundamente a perda do profissional e presta todo apoio e solidariedade aos familiares e amigos”. As causas das mortes estão sendo investigadas.

Veja a nota da SSPDS na íntegra:

“A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) informa que as investigações acerca de um duplo homicídio, ocorrido ontem (23), na cidade de Caucaia – Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11), estão a cargo do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). De acordo com as informações colhidas pela equipe policial, um policial militar de folga, identificado por André da Silva Coelho (29), estava na companhia de uma segunda pessoa, ainda não identificada, quando trocou tiros com Adalberto Viana Barboza (27), no bairro Parque Santa Fé. Na ocasião, Adalberto foi atingido e veio a óbito. Já o policial militar foi ferido e morto a pedradas, no local, por pessoas ainda não identificadas. Já o terceiro envolvido na ocorrência empreendeu fuga. Um inquérito policial foi instaurado e as diligências estão em andamento, neste momento, visando identificar as circunstâncias e motivação do fato”.