Suspeitos de cometer crimes usando tornozeleira eletrônica são alvos de operação, na PB

G1PB - São cumpridos 30 mandados de prisão. Crimes aconteciam, principalmente, na cidade de Santa Rita, onde acontece a operação Malhas da Lei.

Uma operação das Polícias Militar e Civil cumpre, na manhã desta terça-feira (10), pelo menos 30 mandados de prisão contra suspeitos que usam tornozeleira eletrônica e continuavam a praticar crimes na Paraíba. De acordo com a Polícia Militar, os mandados são por regressão cautelar de regime.

Até as 11h50, 16 presos já tinham sido conduzidos para a Central de Polícia Civil por descumprir as medidas impostos a eles no momento do uso da tornozeleira, sendo uma prisão em flagrante. Os crimes praticados por eles aconteciam, principalmente, na cidade de Santa Rita, onde acontece a operação, denominada Malhas da Lei.

A Secretaria de Administratação Penitenciária também participa da ação integrada. Os presos estão sendo apresentados na Central de Polícia Civil. Os presos serão levados para uma audiência de justificação, para explicar porque houve o descumprimento das medidas.