[VÍDEO] Acusado revela como matou a cunhada de 12 anos e pede perdão à família; Veja depoimento

MH

57

“Raiva, raiva dela, por causa de uma confusão que houve lá na casa dela, envolvendo eu, ela e o padrasto dela”. A declaração é de Paulo Batista de Sousa, acusado de matar por estrangulamento sua cunhada Maria Carla, de apenas 12 anos, e jogar o corpo na zona rural de Apodi, no Oeste potiguar.

Paulo foi preso ontem e apontou onde tinha jogado o corpo da menina. Ele disse que matou por desavenças familiares e negou qualquer envolvimento amoroso com a vítima. Segundo ele, a menina teria o acusado de ter relações sexuais com ela. O acusado também disse que está arrependido e pediu perdão à família.

Assista a entrevista de Paulo Batista a TV Terra do Sal: