VÍDEO: “Mais de 50% do valor pago seria para propina”, diz Kelps Lima sobre compra de respiradores pelo Consórcio Nordeste

Em entrevista ao programa Pingo nos Is, da rádio Jovem Pan nacional, na noite desta sexta-feira (15), o deputado estadual e presidente da CPI da Covid na ALRN Kelps Lima revelou que mais da metade dos R$ 48 milhões que o Consórcio do Nordeste pagou por respiradores seria para propina.

“A documentação é estarrecedora. Havia um conluio, uma negociação de mais de 50% do valor pago dos R$ 48 milhões seria só para desvio, com propina. A operação deu errado porque ela foi toda desastrosa e nenhum respirador foi entregue. Os estados perderam 100% do dinheiro investido”, revelou Kelps em entrevista à Jovem Pan.

“Este tema não ser investigado no Congresso é estranho. A investigação é muito objetiva. O acesso aos documentos demonstra que o dinheiro foi literalmente roubado. E mais, os nove governadores do Nordeste têm acesso à documentação sigilosa que a CPI teve acesso”, completou Kelps.